“A Origem” é ótimo, mas sem levar muito a sério

 
 
Assisti ao filme "A Origem" esperando ver qual seria a evolução cinematográfica de Christopher Nolan, pois todos os seus trabalhos anteriores vêm demonstrando algo diferente, senão pela narração ("Memento"), seja pela maneira como é filmado (Batman Begins) ou pela direção de atores e pela desconstrução de personagens clássicos (The Dark Knight), mas mesmo percebendo um pouco de cada uma das qualidades anteriores nessa super-produção de 2010, o que mais me chamou à atenção foi a qualidade de um filme de ação com cérebro. Porém, independente disso, não se pode assistir ao filme com pretensões muito grandes. O grande barato de "A Origem" é sua trama cheia de ação e reviravoltas e não sua filosofia incorporada em pílular, principalmente pelas conversas entre a personagem de Ellen Page e a de Leonardo DiCaprio.
Portanto, vá, assista, sinta-se bem com o filme, mas saia sem ficar questionando as coisas contidas nele. Afinal, cinema deve ser diversão, acima de tudo.
 
 
Dhiancarlo Miranda

Quantidade é documento?

Do Blog do Fernando Rodrigues:
 
 
 
"RG começa a sumir em dezembro
 
Nova identidade terá chip e reunirá do CPF ao título de eleitor

Quem tirar o RIC aposentará o velho RG

Até o fim de 2010 o Ministério da Justiça espera emitir o 1° RIC (Registro de Identificação Civil). O novo documento vai substituir o RG e integrar outros documentos, como título de eleitor, CPF e carteira de motorista.

O RIC é um cartão, com foto digitalizada e um chip, para armazenar informações dos documentos de seu portador e também as impressões digitais, informa Fábio Brandt, repórter do UOL.

Com o novo documento, o governo pretende criar um banco de dados nacional e resolver falhas do atual sistema. Hoje, cada Estado é responsável pela emissão dos documentos de identificação, permitindo que alguém tire o mesmo documento em mais de um Estado.

Para coordenar o novo sistema, um comitê gestor foi instalado ontem (5.ago.2010). Participam representantes de cada região do país e de ministérios.

Dificuldades


Apesar do otimismo do governo e da perspectiva de emitir o RIC até o fim de 2010, apenas 18 Estados, até agora, aderiram à novidade. Isso, 3 meses após o Registro de Identificação Civil ser aprovado por decreto de Lula (
decreto 7.166 de 5.mai.2010).

O Ministério da Justiça, por meio de sua assessoria de imprensa, explicou que convencer todas as 27 Unidades da Federação a aderir ao RIC é uma das funções do comitê gestor e isso será feito com diálogo.

O custo do RIC para o cidadão ainda é desconhecido. O comitê gestor vai decidir se haverá alguma taxa, informou a assessoria do Ministério. Atualmente, a 1ª via do RG é grátis, mas paga-se uma taxa para obter a 2ª via.

As autoridades estimam que, em 9 anos, a troca do RG pelo RIC custará US$ 800 milhões (cerca de R$ 1,4 bilhão, em valores de 6.ago.2010).

O valor incluir emissão e confecção dos cartões, compra de equipamento necessário para produzi-lo e gastos com a implementação do sistema. Os recursos podem vir da União, Estados e financiamentos. A divisão dos gastos também fica a cargo do comitê gestor, afirmou o Ministério da Justiça."

 
 
Nota do Blog:
 
Há muito tempo espero pela unificação dos documentos pessoais, pois a cada dia inventam um. Não dá para ficar lembrando a cada coisa que você vai fazer qual o documento que deve apresentar. Parece uma preocupação boba, mas faz parte de um processo de desburocratização das atividades governamentais brasileiras, mesmo que seja de forma lenta.
 
Dhiancarlo Miranda

Dilma sobe, Serra Desce

 
A última pesquisa CNT/Sensus publicada nesta quinta (05) comprova o crescimento sustentável de Dilma Roussef na disputa presidencial deste ano enquanto que José Serra começa a perder alguns pontos. Os números completos são:
 
Dilma 41,6%
Serra 31,6%
Marina 8,5%
 
A pesquisa tem margem de erro de 2,2% para cima ou para baixo. Agora é aguardar as próximas pesquisas Ibope, Datafolha e Vox Populi para analisar se o tal crescimento torna-se mais real. As informações são do UOL- Eleições.
 
 
Dhiancarlo Miranda