O Rito Final – Mais duas Histórias do Criador do Patinho Feio

CRNICA~1

Para fechar com chave de ouro nossa pesquisa sobre Hans Christian Andersen foram escolhidas duas clássicas histórias que retratam bem a genialidade do autor.

Por meio de maneiras diferentes, Andersen relaciona a vida real (com seus problemas, tristezas, dificuldades) com a fantasia dos contos de fadas (onde tudo pode acontecer).

O primeiro conto é “A Pequena Vendedora de Fósforos” com a desgraçada realidade de uma garota deixada ao relento. Sua condição precária se confunde com as suas visões através do acendimento dos únicos fósforos que ela tem em suas mãos. Parte daí uma figura de linguagem como se fossem eles sua única luz no fim do túnel.

Abaixo, um curta-metragem com a historinha:

O segundo (e último conto) de autoria do autor dinamarquês que mostro aqui no blog é o famoso e já multiadaptado “O Patinho Feio” que demonstra como aquilo que nos é diferente se torna feio aos nosso olhos. E que a confiança e a perseverança são aliados do sucesso. Pode parece algo meio autoajuda, mas serve como lição para a vida de modo prático sem ser piegas ou bajulador.

Abaixo, uma das muitas versões da história do cisne desprezado pelos patos:

Andersen é assim mesmo. Ainda que fosse um escritor de histórias infantis toca fundo na alma adulta e nos faz ver o quanto nossas ações promovem mudanças em nós mesmos e também nos outros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s