Boa Leitura de Terror na Internet

NHorrorHokuto

É difícil (quase um parto) convencer crianças e jovens a acreditar na leitura como um passatempo, uma maneira de se divertir. Os procedimentos adotados na Sala de Leitura são muitos, inúmeros e a eficácia depende demais do filtro afetivo de cada um. Imaginar que só por que você fez uma pesquisa incrível sobre o Machado de Assis te dará sucesso ao falar com os alunos é, no mínimo, inocência da parte do professor.

Portanto, realizar atividades diferenciadas, gincanas, leitura compartilhada e em voz alta não é algo com garantia de retorno. É preciso ousar. E isso tem sido feito na Sala de Leitura Cora Coralina da EMEF Professor Rivadavia Marques Junior. Depois de iniciar o Projeto Sobretudo (com os ciclos de debates entre os alunos) e o concurso dos contos de terror em que há participação dos estudantes de 5ª a 8ª séries, estes ganharam um aliado para que sejam capturados mais leitores nessa teia de emoções que é a literatura.

Desde a semana passada, através da leitura compartilhada dos “Contos de Fadas Sangrentos” da escritora Rosana Rios e por meio de uma pesquisa profunda na internet, estão sendo incluídas nas aulas exibições de contos de terror que são narrados no canal de vídeos do site Youtube. De todos os que consegui analisar, dois me chamaram à atenção por terem qualidade na narração, por serem bem editados e por promoverem a imagem e o som para aclimatizar a história. São eles: Ambuplay e Fatormedo. Ambos são produzidos de forma independente e não possuem nenhum crédito de patrocínio, por exemplo. Portanto, o que dá para perceber é que são feitos na raça mesmo.

Conto “O Livro Maldito” do canal Fator Medo

Também não consegui contato com nenhum dos autores desses vídeos e, portanto, não sei dizer se são eles próprios os autores das histórias. Mesmo assim, quero deixar claro que a expectativa gerada entre os alunos para assistir aos vídeos é muito grande e estes têm alcançado o objetivo principal: aguçar a mente dos jovens para se interessarem pela leitura. O fato de estar em curso um concurso com o mesmo tema auxilia nisso e o número de inscritos para participar desta peleja tem aumentado desde então.

Conto “O Devorador” do canal Ambuplay

Desta maneira, cravar que isso se tornará numa prática corriqueira entre os meninos e meninas que não tinham interesse nenhum em leitura somente por que se empolgaram com uma ação também é gerar expectativa falsa, mas não deixa de ser uma sementinha plantada na alma leitora de cada um. E isso, com certeza, já é algo diante de todas as dificuldades enfrentadas no dia-a-dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s