Tibor Lobato: Uma Saga Através da Mitologia Nacional

untitled

O livro foi lançado em 2012, mas quando pesquisei a respeito da obra achei poucas críticas da época em que ele saiu nas livrarias. Também não o vi em nenhuma livraria, a não ser na Cultura (pode ser uma das várias parcerias que a livraria possui com autores nacionais).

Meu conhecimento sobre essa odisseia só foi possível por meio da dica de uma colega num dos encontros com professores orientadores de sala de leitura da prefeitura de São Paulo, mas mesmo assim eu demorei para correr atrás do livro. Não lembrava do nome quando ia pesquisar e quando lembrava do nome esquecia de pesquisar. Coisas de gente maluca!

Mas o fato é que “A Odisseia de Tibor Lobato: O Oitavo Vilarejo – Livro I (Editora Patuá) é uma obra rica. Rica na arte gráfica, rica na forma como envolve o leitor numa aventura, rica na maneira de incluir elementos caros à nossa mitologia brasileira.

Trata-se de um romance que segue a linha dos muitas obras que povoam as prateleiras das mega-stores atuais. Não tem como não comparar com “Percy Jackson”, “Harry Potter”, “Desventuras em Série”, entre outros, pela sequência que se faz necessária para o término da história (o autor promete ser uma trilogia), há os elementos acerca da magia, do protagonismo nas mãos de crianças ou adolescentes e a apresentação de assuntos não utilizados normalmente para a leitura infanto-juvenil. Situações como perda, maturidade e relações humanas tem desenvolvimento normal sem parecerem forçados.

Por outro lado, há em “Tibor Lobato” a perspicácia de promover um encontro da criança e do jovem brasileiro com uma literatura cheia de mitologia inerente ao Brasil, mas que parecia distante desse público. As pessoas só pensam nesse mundo de seres imaginários e mitos tão bem elaborados quanto o brasileiro quando se aproxima o mês de agosto, período de celebração do Folclore nacional.

A aventura se inicia ao sermos apresentados a Tibor Lobato (clara homenagem ao criador do Sítio do Pica-Pau Amarelo) e sua irmã Sátir (algo a ver com os sátiros da mitologia grega?), que acabaram de perder seus pais, que são ciganos, em um acidente horrível. Eles vão morar num sítio com sua avó e lá conhecem um novo amigo, Rurique. Dai por diante, perigos e atribulações passam pela vida dos meninos para que o amadurecimento seja alcançado. Os laços de amizade e a aprendizagem de valores morais se tornam automáticos na medida em que o tempo vai passando e eles precisam passar por cima de todos esses obstáculos.

Há alguns mistérios que se desenrolam em torno dos temas que vão sendo levantados e muito disso é promoção da aventura para as sequências que serão lançadas em breve, deixando suspense para situações não resolvidas até então. A época em que tudo acontece é a da Quaresma sendo alertado aos personagens de que isso pode ser um período de mudanças em que coisas ruins se desenrolam.

A linguagem usada pelo autor Gustavo Rosseb é simples e direta, portanto não cria empecilhos aos jovens que buscam desvendar os mistérios dos mitos dentro das matas próximas ao sítio da avó de Tibor e Sátir.

Obtive a informação de que o livro pode ser adquirido via e-mail pelo endereço tiborlobato@gmail.com ou diretamente pela editora Patuá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s