Não há nada melhor ao vivo do que Nick Cave and the Bad Seeds

download (5)

Vá lá, eu exagerei. Quem sabe a Gisele Bündchen ou a Scarlett Johansson sussurrando ao seu ouvido, mas aí não vale já que é algo impossível para um nerd.

Pois bem, um show de Nick Cave e seus asseclas e algo imaginável (talvez não para quem mora no Brasil), é algo atingível.

Você tem dúvida do título do post? Então dê uma olhadela rápida nesse vídeo da apresentação da banda em Glantonbury, em maio deste ano, fazendo Jubille Street, do novo (e ótimo) álbum Push the Sky Away:

Não é por causa da vivacidade dos músicos, não é por causa do trabalho vocal (perfeito) de Nick ou da melodia da canção: É por causa disso tudo!!! E por transformar essa gama de qualidades em ritmo, em paixão, em algo escutável e visível.

Nesse ponto, há que se perceber que o estilo dos músicos (todos, sem exceção) é definitivo, proporciona uma curiosidade em quem nunca os ouviu e reafirma uma tendência vintage empolgante em quem os escuta há anos.

A base instrumental da Bad Seeds é algo inovador, vanguardista, mas ao mesmo tempo nos proporciona um resgate das big bands, dos concertos do século XIX, das jam sessions de Jazz e Blues dos anos 40 e 50.

Nick Cave é branco e negro em seu paladar musical. Sua mudança de potência se fortalece ao vivo. Ele não se recusa a extrapolar seu poderio vocal. Nick Cave é foda!

Além disso, há alguns detalhes que fogem ao alcance de qualquer banda normal no mundo. Não há nenhuma com um violinista insano, nem com guitarristas e baixistas tão integrados ao som do seu vocalista ou um baterista sincronizado com a maluquice dos outros.

Uma banda que faz shows tão “grandes” quanto o que fizeram em Glastonburry consegue a mesma energia, mas com toques minimalistas em apresentações para a BBC.

Além disso, há as parcerias: Nick Cave já realizou duetos ao vivo apaixonados com P.J. Harvey (Henry Lee) e extremamente dramáticos e emocionantes com Kylie Minogue (Where the Wild Roses Grow).

Desta forma, a banda já teve alcunhas variadas dadas pela imprensa especializada: coisas como Pós-Punk, Gothic Rock ou Garage Band já apareceram para definir o som do grupo, mas tudo isso muda em apresentações ao vivo, pois a diversidade de estilos em que se encaixam suas músicas desestabiliza qualquer nomenclatura pura e simples.

Enfim, um show de Nick Cave and the Bad Seeds é necessário, transgressor das regras não escritas dos shows no mundo.

Eles não seguem padrão e nem se classificam. Um show deles não foi feito para dançar nem para balançar a cabeça. É uma apresentação apenas para se ver e ficar com a boca aberta e o queixo caído.

Infelizmente, não se pode esperar que um show de Nick e sua trupe seja fácil de se conseguir por esses lados tupiniquins já que os produtores brasileiros não perceberam ainda o quanto uma apresentação deles seria legal num festival.

Esperar, por outro lado, um show solo da banda é esperar o retorno do cometa Halley já que se tornaria caro.

Portanto, veja qualquer atividade ao vivo deles no Youtube e se delicie com a performance dos caras. Pois, se pela internet ou em qualquer DVD a coisa parece embasbacante imagine você frente a frente com eles?!

Abaixo, algumas apresentações incríveis de Nick Cave and the Bad Seeds:

Nick Cave and the Bad Seeds – Live at BBC Sessions

Nick Cave and the Bad Seeds – Live at Metropolis House in Montreal

Nick Cave and the Bad Seeds – Live – God is in the House

3 comentários em “Não há nada melhor ao vivo do que Nick Cave and the Bad Seeds

  1. Johnd632 disse:

    Enjoyed examining this, very good stuff, thankyou. Talk sense to a fool and he calls you foolish. by Euripides. kcddabegeakg

  2. Johnf718 disse:

    Do you agree with my statement that this post is awesome? dfededfdddgc

  3. Smithd829 disse:

    I’m glad that it turned out so effectively and I hope it will continue in the future because it is so worthwhile and meaningful to the community. befbcfdkcgffbfef

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s