Temples é uma pérola dos anos 60 nos dias de hoje

images

A banda atua no rock psicodélico inglês, formada em Kettering, Northamptonshire, em 2012, pelo cantor e guitarrista James Edward Bagshaw e o baixista Thomas Edison Warmsley. Eles têm recebido considerável atenção da imprensa durante a sua curta existência e foram citados por Johnny Marr e Noel Gallagher como a melhor nova banda na Grã-Bretanha.

Foi formada inicialmente como um projeto de estúdio em casa, em meados de 2012. A dupla já havia trabalhado junto anteriormente num banda chamado The Moon, com Bagshaw tendo também co-liderado outra banda antes, a Kettering Sukie, que formou em 2006 e alcançou o n º 1 do “Chart UK Indie”, badalada parada indie inglesa, com seu single de estreia “Pink-A-Pade”.

A banda inicia suas atividades tendo alguma experiência no mundo da música. A dupla responsável pelo grupo produziu faixas para o YouTube, algo que chamou a atenção do fundador da Heavenly Recordings, Jeff Barrett, que concordou em lançar o single de estréia da banda em novembro de 2012.
Dessa forma, Bagshaw e Warmsley, recorreram a outros colegas residentes em Kettering para complementar a base que começaria a divulgar seu som.

Foram chamados o baterista Sam Toms (Secret Fix e ex-Koolaid Electric Company) e o tecladista Adam Smith e começaram a ensaiar como uma banda, para que pudessem desempenhar as suas músicas ao vivo.

O problema disso é que nunca haviam feito apresentações como uma banda. O processo, entretanto, não causou nenhum trauma em nenhum dos músicos. A banda acabou por promover seu segundo single “Cores To Life”, em junho de 2013 e conseguiu lançar o álbum “Sun Structures” em fevereiro do ano passado.

A arrancada do Temples como banda de palco tem início com algumas apresentações sendo suporte para grupos maiores como o Suede, Mystery Jets, Kasabian e The Vaccines no Reino Unido.

Neste ano, a banda embarcou em uma turnê pela Europa, América do Norte e Austrália e até um ranzinza como Noel Gallagher tem reclamado da falta de músicas do Temples nas rádios inglesas.

Quanto ao som da banda parece que fomos transportados para os anos 60 pela sua ambientação sonora e por causa de seu clima psicodélico que se encaixa perfeitamente na amarração realizada entre os instrumentos do grupo. Mas é o teclado que dá, ao mesmo tempo, a ideia desse assombramento sessentista e a diversidade sonora para entendermos que ainda se trata de um grupo dos dias atuais. Nesse ponto são superiores ao psicodelismo de Toy e The Warlocks, outros representantes do rock dos anos 60 atualmente.

Desse modo, não perca tempo e vá atrás de ouvir os caras antes que eles peguem a máquina do tempo e voltem para a época do início de carreira de Beach Boys, The 13th Floor Elevators, The Zombies e Byrds.

Ouça o álbum “Sun Structures” completo abaixo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s