O Humor escrachado fica triste sem Fausto Fanti

images (1)

O despojamento e a espontaneidade de “Hermes e Renato” era um oásis tão grande dentro do humor brasileiro que fiz cara feia quando os caras aceitaram um contrato com a Record, pois era óbvio que não teriam o mesmo espaço para fazer o que queriam como na época da MTV.

Dito é feito: não demorou a retornarem à emissora musical e ficaram por lá até a extinção do canal no ano passado (pelo menos aquela fase anterior).

A veia cômica da trupe vinha da tradição inglesa e texto anárquico do Monty Python e dos quadros escrachados do Saturday Night Live dos anos 70 e 80.

Muito provavelmente, Fausto Fanti, humorista do “Hermes e Renato” que faleceu ontem aos 35 anos, assistiu a muitos quadros de John Belushi e Eddie Murphy na época de ouro do programa apresentado há mais de trinta anos aos sábados noturnos da tv americana.

A maior contribuição do grupo brasileiro de humor era a capacidade de inventar e de se reinventar com apenas piadas, trejeitos e cenários precários. O que valia para eles desde o início era escrachar, zoar, fazer graça com tudo o que estava por aí.

Muitas criações deles como “Merda Acontece”, “Palhaço Gozo”, “Documento Trololó” e “Brasil Mulambo” brincavam com o dia-a-dia de um Brasil real que pode ser muito engraçado tal é a inverossimilhança dos absurdos que acontecem debaixo de nossos narizes.

Fanti conseguia ser engraçado apenas ao vestir uma peruca e até mesmo com textos curtíssimos que facilitavam o improviso e a atuação debochada e exagerada, algo que podia ser uma influência do próprio “Casseta e Planeta”, que surgira na TV um pouco antes dos caras do “Hermes e Renato”, também cariocas.

Até mesmo o sucesso alcançado com o “Massacration”, banda inventada para satirizar os grupos de Heavy Metal pelo mundo afora foi algo espontâneo, visto que a coisa ficou tão séria a ponto de possuírem fãs assíduos. Isso também era uma piada pronta já que eles criticavam justamente esse endeusamento a esse tipo de banda.

Fausto Fanti, junto com seus amigos de grupo Adriano, Marco Antônio Alves (Hermes) e Felipe Torres (Boça), já tinham feito algumas incursões de esquetes durante a Copa do Mundo para o Fox Sports e se preparavam para lançar um novo programa no Canal FX em março de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s