Tão bom quanto assistir a “Guardiões da Galáxia” é ouvi-lo

Guardians of the Galaxy Awesome mix  1

Muito já se comentou a respeito de diversas qualidades de “Guardiões da Galáxia”.

A escolha acertada dos atores, que bem entrosados, funcionam como elenco, o roteiro de James Gunn e Nicole Perlman, que dosa bem a medida da ação e não se acha tão a sério quanto outras encomendas da Marvel, além da direção bem humorada e dos efeitos visuais e sonoros magníficos.

Pois bem, outra área muito bem analisada é como cada personagem ganha espaço importante durante a película, o que torna o período de visualização do filme uma ação bastante prazerosa.

O protagonista Peter Quill (Chris Pratt) é bem introduzido à trama e sua canastrice segura bem o enredo, Gamora é bem vivida pela experiente em espaço sideral Zoe Saldaña, Vin Diesel dá doçura à criatura Groot (um dos melhores personagens), Drax (Dave Bautista) é hilário com sua falta de sensibilidade às figuras de linguagem e Rocky (Bradley Cooper) é um show a parte, não só pela capacidade de expressão montada pela equipe de efeitos visuais, mas pelo carisma da voz do ator.

Mesmo assim, é importante também destacar uma outra parte do roteiro que dá liga a tudo o que acontece durante as pouco mais de duas horas de rodagem do longa: a trilha sonora é espetacular do início ao fim e funciona como fio condutor de partes importantes da estória.

A escolha por músicas que fizeram sucesso nos anos 70 não é por acaso, justamente pelos fatos iniciais da obra, que mesmo acontecendo nos anos 80, se situavam como época em que tais hits já haviam se tornado clássicos.

A sacada de promover sua execução através de uma fita cassete com a inscrição “Awesome Mix Vol 1 (na verdade, duas) sendo rodada num saudoso walkman que todos nós com mais de trinta anos venerávamos muito antes de iPods também auxilia na empolgação pelas canções.

Além disso, algumas sequências já são clássicas, como a abertura, e o momento em que os heróis andam em câmera lenta.

De qualquer forma, no que diz respeito ao filme em si, há inúmeras críticas que sabem sintetizar bem o quanto “Guardões da Galáxia” é um marco para o cinema de heróis desenvolvido pelos Estúdios Marvel.

Notadamente, as críticas de Pablo Vilaça (http://www.cinemaemcena.com.br/plus/modulos/filme/ver.php?cdfilme=12595) e Érico Borgo (http://omelete.uol.com.br/guardioes-da-galaxia/cinema/guardioes-da-galaxia-critica/), para Cinema em Cena e Omelete, respectivamente, são as melhores que eu li, dentre todas, mas a maioria é elogiosa.

Contudo, minha ideia aqui é dissecar a trilha sonora e, portanto, comento abaixo cada uma das músicas do filme:

“Hooked on a Feeling” – Blue Swede

Essa primeira música dá nome ao disco do Blue Swede, gravado em 1974. Porém, a versão original, foi gravada um pouco antes por BJ Thomas, no ano de 1968. A banda sueca acabou se notabilizando por causa dos covers que fazia e essa foi a música responsável pelo seu sucesso mundial.

“Go All the Way” – Raspberries

Essa música está no primeiro e homônimo disco do Raspeberries, que chegou aparecer também em outro filme importante: “Quase Famosos”, de Cameron Crowe, célebre pela sua trilha sonora igualmente de qualidade. Essa foi a música que fez o Raspeberries vender mais de um milhão de cópias.

“Spirit in the Sky” – Norman Greenbaum

Apesar de estar na trilha sonora do filme, esta é uma das poucas músicas que não toca durante sua exibição. Norman Grenbaum gravou essa canção em 1969 e quando chegou às paradas, ela ficou por 15 semanas entre as mais tocadas da Bilboard.

“Moonage Daydream” – David Bowie

“Guardiões da Galáxia” pode inflar o peito e dizer: “sim, nós temos David Bowie!” “Moonage Daydream” está no álbum “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars”, porém a faixa foi primeiramente lançada por Arnold Corns, banda que Bowie havia formado em 1971.

“Fooled Around and Fell in Love” – Elvin Bishop

“Fooled Around and Fell in Love” é a música mais famosa de Elvin Bishop. Ela é a principal faixa de “Struttin My Stuff”, sexto disco do cantor, responsável pelo estouro dele nas rádios americanas em 1975.

“I’m Not in Love” – 10cc

A baladinha “I’m Not In Love” foi enorme sucesso no ano de 1975 quando o grupo inglês 10cc a lançou. Acaba funcionando como trilha para o climinha entre Gamora e Quill, com um anticlímax logo em seguida.

“I Want You Back” – Jackson 5

A música ficou famosa com o Jackson 5, mas foi escrita por Berry Gordy e a galera da Motown. A canção acompanhou Michael Jackson mesmo após o término da banda familiar e vira e mexe a catanva em alguns de seus shows. A música acontece numa das cenas mais cômicas do filme.

“Come and Get Your Love” – Redbone

Essa é a faixa que acompanha nosso protagonista em sua versão espacial de Indiana Jones logo no início do filme e serve de tema de abertura para a legenda com os nomes dos atores e do filme. Além de fazer sucesso em 1974, “Come and Get…” ganhou uma versão dos alemãs do Real McCoy na década de 1990.

“Cherry Bomb” – The Runaways

“Cherry Bomb” é uma das músicas de “Guardiões da Galáxia” com maior peso rock. Escrita por Joan Jett e Kim Fowley, para as Runaways, a faixa está em uma infinidade de filmes, como a própria filmografia da banda de Jett e Lita Ford.

“Escape (The Piña Colada Song)” – Rupert Holmes

Outra faixa onipresente em filmes de Hollywood. Rupert Holmes lançou “Escape” como o primeiro single de “Partiners in Crime”, seu quinto disco. Uma canção cheia de balanço que normalmente é associada à praia pelo seu clima descontraído. Com certeza foi escolhida por conta dessa proximidade com a veia cômica do filme.

“Ooh Child” – The Five Stairsteps

“Ooh Child” é um clássico do soul americano, cantado pelo Five Stersteps, grupo oriundo de Chicago. A banda é formada pelos filhos dos cantores Clarence e Betty Burke e foi por causa dessa canção que são lembrados até os dias atuais.

“Ain’t No Mountain High Enough” – Marvin Gaye e Tammi Terrell

Um clássico do Rhythm and Blues que foi composto por Nickolas Ashford e Valeria Simpson, mas que ganhou inúmeras versões com outros cantores. Provavelmente, é essa versão de Marvin Gaye e Tammi Terrell a mais conhecida pelo público em geral.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s