A Escola

Era uma vez uma escola desativada, ninguém a muitos anos não entrava lá, muitas pessoas ficavam arrepiadas só ao ver essa escola que se chamava Alfred Rusttenf.

Ela era estranha, todas as crianças viam e ficavam assustadas.

Uma vez um grupo brincava, em um sábado em frente à escola e um menino chamado David brincava tranquilamente até que olhou na janela do edifício Alfred Rusttenf e viu uma sombra.

Esse mistério ficou em sua mente por várias semanas até que ele decidiu ir lá ver o que tinha de tão inusitado, mas ele tinha medo de ir sozinho e então convidou um amigo chamado Lucas e eles combinaram de ir à meia-noite, quando todos estariam dormindo.

Eles foram até a escola e o amigo de David, ficou com medo, e então falou:

– David, estou com medo de entrar.

Então poderia me esperar aqui.

– Sim, mas toma muito cuidado.

E então David pulou o portão e por sorte ele avistou uma janela quebrada e conseguiu entrar.

Quando chegou lá ele ainda, muito assustado por te conseguido entrar, apenas viu duas escadas. David começou a subir a primeira escada, perto da porta, e da janela que tinha pulado, e ele estava desconfiado com alguma coisa, mas não tinha certeza.

Mas cada vez subindo os degraus, ele olhou para trás e não viu a porta da entrada e nem a janela na qual entrou. David ficou com medo e olhou para frente e continuou andando.

Quando chegou ao final dos degraus da escada, ele viu uma pessoa chorando, e por coincidência, seria o fantasma da escola Alfred Rusttenf.

Ele era um fantasma de sua escola a muitos anos, desde quando estudavam crianças no edifício.

Tinha um mistério a ser revelado.

Alfred não queria ser fantasma e não queria assustar, mas infelizmente era seu trabalho proteger a escola de alunos mal-educados.

Alfred chegou bem pertinho de David, e falou

– O que faz, aqui garoto?

– Vi uma sombra há várias semanas e fiquei curioso e então estou aqui.

Seu amigo Lucas achou que estava demorando e então pensou em gritar o nome do amigo, mas ia assustar os vizinhos e então pegou algumas pedrinhas no chão da rua e jogou três vezes e apareceu alguém na janela.

Lucas percebeu que não era David e ficou assustado, mas ele prestou atenção e eram crianças presas pelo fantasma por terem entrado na escola para bisbilhotar o edifício.

Mas como o Alfred ficou do bem as crianças foram soltas e voltaram para suas casas.

Depois de um tempo, ele se sentiu sozinho e então pensou seriamente em pôr a escola em funcionamento. Ele conversou com os meninos e eles acharam uma ótima idéia. E então Alfred ficou amigo das crianças. E virou um ótimo diretor.

Victoria Karolayne – 7B

Anúncios

5 comentários em “A Escola

  1. Sempre tem um prédio escolar para aterrorizar nossa cabeça e aflorar nossos, medos… Será que tem algo assim aqui no Riva??? Adorei!!!

  2. Paulo Santos disse:

    Adorei a história. Muita criatividade….Gostei bastante!!!

  3. francielly pereira lopes disse:

    nada ver sua historia nao tem munto terror mas meu voto e pra vc miga bjs

  4. Profa Dani disse:

    Queria ser Profa nesse prédio so pra assusta los kkkkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s