Xico Sá e suas mais de cem mulheres

O blog esperou o período das eleições passar para voltar à leitura.

Na última semana o cardápio literário reservou o novo livro de Xico Sá, jornalista que se envolveu em polêmica justamente na época em que o cenário eleitoral pegava fogo e que foi demitido (ou pediu demissão?) da Folha por comentários alusivos ao tema.

Pois bem, mas voltando ao tema do post, a obra se chama “O Livro das Mulheres Extraordinárias” (Editora Três Estrelas) e, obviamente, o assunto é exatamente este: falar sobre mulheres consideradas pelo autor como fora-de-série.

Foram escolhidas mais de cem mulheres brasileiras – desde o teatro até a música, da literatura e da TV, do cinema e da moda atuais.

A ideia do jornalista era bem simples: tecer elogios a cada uma delas.

Trata-se de um apanhado de declarações públicas de amor a todas elas, mas isso não significa que seja um libelo caracterizado apenas pela rasgação de seda. A redação de Sá que é, sabidamente, muito criativa e estilosa ganha nesta obra a qualidade da brevidade.

E é até um pouco compreensivo que tal situação ocorra em “Mulheres Extraordinárias”, pois apesar da boa escrita de Xico, também acaba por ser notada sua queda por certa verborragia que, às vezes, ultrapassa o momento adequado para concluir raciocínios.

São aproximadamente duas a três páginas que o escritor passa falando sobre suas musas, o que impede de o leitor enjoar rapidamente com os elogios desferidos.

Também cabe dizer que num livro deste tipo há sempre a possibilidade bem real de não se concordar com as mulheres escolhidas para esse afago textual. Daí a obrigação do leitor em não se envolver especificamente com a destinatária do texto, mas sim com o que foi escrito em si. E aí a coisa fica mais intensa e bonita de se ler.

Há todo tipo de mulher nas páginas deste livro: Luiza Brunet, Camila Pitanga, Gisele Bündchen, Sabrina Sato, Isis Valverde, Marisa Monte, Thais Araújo, Fernanda Lima, Juliana Paes, Débora Falabella, Claudia Abreu, Lídia Brondi, Leandra Leal, Cleo Pires, Vera Fischer, etc.

Xico Sá diz que divide “o amor a essas mulheres com as massas” e demonstra que “são elas as guias do erotismo e do afeto no país”.

Ele indica que elas são as “nossas artistas poderosas e nossos seres mitológicos” e “a expressão das grandezas do Brasil e da brasilidade”.

São exatas 127 mulheres e, deste modo, Sá pode divagar sobre como cada uma delas é para ele. Suas conquistas, seus estilos de vida diferentes, a tendência para polemizar de umas e a nobreza inerente de outras.

Ele escreve sobre a paixão por suas curvas e o erotismo que transparece em algumas, mas nunca destoa para um discurso machista ou sexista. O jornalista consegue ser elogioso sem ser piegas e galanteador ainda sendo agradável.

Tem tempo para parafrasear Martinho da Vila e dizer que há ali “mulheres de todas as cores, mulheres cabeças e desequilibradas”.

Em recente entrevista ao site Glamurama do UOL, o autor ainda deixou no ar a possibilidade de realizar uma segunda edição da obra: “muita mulher incrível ficou de fora”, conta Sá.

Ao que parece, o critério para a escolha é exatamente a ausência deste. Há mulheres de nível intelectual elevado, algumas com o porte físico como qualidade extrema ou uma junção dessas duas coisas.

Na mesma entrevista Xico Sá citou outros escritores mulherengos, como Vinicius de Moraes (1913-1980), Antônio Maria (1921-1964) e Paulo Mendes Campos (1922-1991) que sabiam como ninguém escrever sobre o sexo feminino sem que isso ferisse o decoro delas e os considerou como influências para a sua própria redação.

Ele acrescentou que acredita inaugurar um subgênero literário: “a cantada literária”.

Enfim, não é nenhuma obra prima, mas pode ser avaliado como um livro de bom texto e tema apaixonante, mas que não se torna enfadonho e repetitivo à exaustão.

E isso se deve simplesmente pelo fato de ter sido escrito com destreza por Xico Sá. Tivesse a ideia caído no colo de alguém com menos aptidão a coisa poderia ter dado muito, mas muito errado mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s