Previsões do Blog para 2015

Política:

Emergirão no campo nacional novas denúncias nos casos de corrupção já conhecidos (petrolão e trensalão), políticos renomados e raposas velhas estarão no olho do furacão e muitos líderes do governo e da oposição estarão envolvidos até a medula.

Juízes e desembargadores irão vociferar contra a corrupção e líderes de bancada falarão à nação contra os métodos escusos e absurdos do Estado.

No final das contas, tudo virará fumaça, alguns poucos borra-botas serão presos e ainda por cima, os barões da política brasileira serão alçados a novos voos políticos.

Além disso, faltará água em São Paulo, haverá enchente no final do ano no sudeste e seca no meio do ano no nordeste. Não haverá uma única atividade ou obra de contenção contra estes problemas e o jogo seguirá com o PSDB em São Paulo e o PT no governo federal.


Educação:

O Brasil continuará seguindo no fim da fila das principais listas sobre aprendizagem, proficiência em inglês, matemática, língua materna ou qualquer coisa que tenha a ver com educação.

O governo continuará condicionando liberação de verbas aos municípios e estados ao nível de aprovação e não ao índice de aprendizagem e fará de tudo para que professores e equipes gestoras (inclusive pressão e outras maneiras menos cíveis) para que estes aprovem todo e qualquer aluno, mesmo aquele que morreu no mês de maio.

Haverá greves de professores por todo o Brasil e os secretários de Educação e secretários da mesma pasta tratarão os mestres como se fossem cachorros vira-latas (e bem que estes últimos têm tido melhor vida ultimamente). Ao final dessas manifestações desgastantes e que dividirão a categoria os profissionais sairão com menos direitos do que quando entraram na disputa com o Estado.


Manifestações nas redes sociais e nas ruas

Coxinhas e Petralhas continuarão se degladiando pelas redes sociais e o clima de Fla x Flu continuará imperando na internet.

Não importará se você estiver falando do novo filme de Tarantino ou do novo restaurante do Alex Atala> o que vale é defender seu partido e seu estilo de vida da onda comunista que irá comer criancinhas ou do capitalismo selvagem que rouba suas cuecas.

Também haverá muito protesto de rua de gente alienada pedindo a volta do Regime Militar e de seu edificante processo de tortura, perseguição e censura, tudo isso contra a Cubanização do Brasil ou da necessidade de mandar que não pensa como um ogro da Idade Média para morar em Havana.

Do outro lado, teremos inúmeras pessoas saindo às ruas com suas máscaras compradas no shopping center prontos para quebrar tudo, mas sem a mínima ideia sobre o que está protestando. Mas haverá gritos contra o consumismo e o capitalismo das mesmas bocas que são sustentadas por pés calçados com belos Nikes e Adidas.

Amigos se tornarão inimigos e inimigos tentarão se matar, mas tudo não passará de frescura da mais idiota possível, pois quando houver aumento do IPTU ou do IPVA todos correrão ao banco o mais rápido possível para conseguir um desconto no pagamento.


Cinema

No âmbito nacional, continuaremos a ser brindados com muitas estreias com aquele gordinho como atração principal fazendo piadas engraçadas serem encaradas como uma dose de diazepan ou utilizando caretas que mais parecem a de um garoto que acabou de tomar a vacina do Zé Gotinha.

Além disso, outras películas brasileiras terão como mote principal o rescaldo de séries, programas ou novelas que já são ruins, mas que poderão ser potencialmente pioradas na tela grande.

Enquanto isso, blockbusters americanos tomarão cento e cinquenta por cento das salas do Brasil e impedirão você, caro leitor, de assistir a uma obra sincera e bem executada da Argentina ou Espanha.

Os melhores títulos ficarão de fora e muitos você só conseguirá baixar pelo sistema torrent.

No Oscar, os melhores atores, atrizes diretores e roteiristas serão deixados de lado em prol de algum filmeco que o faça chorar que nem criança.


Música

A música sertaneja continuará a ser destaque nas rádios nacionais, mas isso não impede que fenômenos como o de Pablo ganhe notoriedade nas redes sociais e tenha gente gostando da porcaria só por que outros imbecis gostaram da mesma porcaria.

O funk continuará no gueto, mas atrapalhando a vida (e os ouvidos) daquele que estiver no trânsito ou em casa, ou no espaço, pois os melhores aparelhos de som automotivos já vêm com algum CD de funk bem horripilante para tocar no carro parcelado em 100 vezes que o fulano não consegue pagar, mas que prefere equipar com caixas e subwoofers potentes para que com essa estranha e ridícula dança do acasalamento consiga pegar algumas “novinhas”.

No campo internacional, surgirá uma nova Lorde que fará sucesso meteórico, mas não conseguirá o sucesso mais expansivo da garota neozelandesa. As gravadoras bem que tentarão que isso aconteça, mas só uma parcela do público ainda é tão idiota para comprar ideias fabricadas assim a cada semana.

Paul McCartney, Metallica, Iron Maiden e Laura Pausini se apresentarão por aqui e conseguirão tirar alguma grana de produtores e fãs mais uma vez.

Lollapalooza e Monsters of Rock terão música, independente dos gostos baterem ou não, mas nem chegarão perto da mídia que o festival de não-música Rock in Rio conseguirá. Por lá haverá muita propaganda, oferecimentos mil acerca de produtos para o público jovem, mas música que é bom você ouvirá de vez em quando.


Esportes

Algum brasileiro abnegado do xadrez ou do curling será campeão mundial com seus próprios recursos e esforço individual, será alçado a novo ídolo nacional e será comparada ao mala Ayrton Senna. No momento em que desembarcar no Brasil, o fulano será recebido por milhares de pessoas que dirão acompanhar a carreira dele desde quando era pequeno e falarão com a maior cara de pau que o curling é o seu esporte predileto.

Na próxima etapa quando o tal esportista tiver um mau dia, será achincalhado pela massa tupiniquim e recebera a alcunha já conhecida de pipoqueiro.

No futebol, a coisa continuará sendo disputada entre o jogo bonito e pouco eficaz do Barcelona, o futebol copiado do Bayern Munique ou o jogo mistura de tudo isso do Real Madrid. Individualmente, Cristiano Ronaldo continuarão dividindo s os louros das premiações de fim de ano.

Pela seleção brasileira, o risadinha Neymar continuará dando inúmeras vitórias ao time da CBF contra times do Golfo Pérsico, da África Central ou da Oceania e será festejado como o melhor do mundo depois do português e do argentino. Isso tudo para fazer vexame nas competições que valem de verdade. A entidade máxima do futebol do bananão continuará a roubar e a sugar tudo o que podem de times e jogadores e estes continuarão quietos achando que quem está errado e o pessoal do Bom Senso FC.

Por aqui, Cruzeiro e Atlético tendem a prosseguir na disputa entre os primeiros lugares de nossos campeonatos, mas quando o negócio for lá fora pela Libertadores iremos tomar mais uns chocolates dos países vizinhos. E dá-lhe contratação de ex-jogadores, salários astronômicos, brigas internas e outras coisas que farão os times de São Paulo e Rio se afundarem e chafurdarem cada vez mais na lama.


Bem, é isso, por enquanto. Se alguém quiser discordar, tem uma previsão mais otimista ou pior mande o seu comentário.

O Blog entrará em recesso a partir de agora para a passagem das festas de final de ano e deseja a todos um ótimo início de 2015.

Voltamos em 05 de janeiro, mas se houver alguma outra novidade passaremos por aqui para dar a notícia ou comentar alguma barbaridade por aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s