105 anos de Adoniran. Cinco músicas dele que dão água na boca!

Uma matéria de hoje realizada por Luiza Fecarotta para a Folha de S. Paulo faz um apanhado geral sobre a cozinha ideal para ser apreciada ao mesmo tempo em que se ouve a obra do músico Adoniran Barbosa, nascido em Valinhos (interior de São Paulo) há exatos 105 anos.

A reportagem toma emprestada a trajetória do sambista que viveu de 1910 até 1982, para não só exprimir a miscigenação da gastronomia paulista (e paulistana), mas também quais são as possíveis criações a partir dessa criatividade da cultura alimentícia dessa região.

Se até o escritor e estudioso literário Antonio Candido considerava Adoniran como o responsável por mostrar São Paulo de modo “completo e perfeito” quem somos nós para duvidar?

Dessa maneira, a questão da comida na obra musical do artista também proporciona ponto importante para a mitologia em torno do autor.

Também é necessário citar que nem sempre há amostras explícitas de gastronomia nas canções do poeta urbano, mas o simples fato de falar sobre algumas regiões da metrópole paulista já proporciona a imaginação de quem a escuta para celebrar momentos de prazer alimentício.

Ainda, segundo a matéria da Folha, o compositor de “Trem das Onze” é, segundo seu biógrafo Celso de Campos Jr., a síntese da cultura de São Paulo: era filho de italianos, nasceu no interior e interpretou um negro (no rádio e na TV).

E por causa disso faz sentido a reconstrução realizada pela jornalista a partir de um caminho errático e miscigenado que faz a culinária paulista percorrer pela influência italiana, o torresmo, a feijoada e a comida caipira e indígena.

Mas nada melhor do que viajar na música do cantor e compositor para ir até os lugares cantados e procurar por algum bom lugar para degustar alguma preciosidade da gastronomia paulista.

Preste atenção às letras e corra para os lugares ideais para comer ou beber alguma coisa boa.

Trem Das Onze 

Saudosa Maloca

Samba do Arnesto

Mulher, Patrão e Cachaça

Tiro ao Álvaro

Anúncios

Um comentário em “105 anos de Adoniran. Cinco músicas dele que dão água na boca!

  1. Ivan Anderson disse:

    Clássico! Meu pai adorava…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s