Algumas Lendas Urbanas Japonesas para ilustrar a discussão da Sala de Leitura do Riva

As histórias de terror sempre fizeram muito sucesso entre as crianças e adolescentes pelo simples fato de que fazem a gente sentir um misto de medo e empolgação que conforme vai passando o tempo se transforma em aflição para saber sobre o desfecho dos contos desta natureza.

Além disso, o ser humano acaba por se sentir atraído por coisas que não lhe são conhecidas ou que lhe são misteriosas. E no caso das histórias de terror isso sempre tem a ver com a morte, situação que causa dúvida e curiosidade nas pessoas.

Daí, que as histórias das lendas urbanas orientais, mais especificamente japonesas e chinesas causam verdeira euforia entre a molecada e a Sala de Leitura Cora Coralina da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior não poderia deixar de fora de sua pauta alguma atividade sobre o tema desse tipo de literatura tão instigante.

Abaixo, estão Reunidas cinco lendas urbanas que surgiram por aqueles lados do planeta e que não só fascinaram o público de lá como também a galera de outros lugares do mundo.

É sabido que muitas destas histórias já inspiraram filmes de terror de grande sucesso, como “O Grito” ou “O Chamado”, mas outros são interessantes apenas pelo simples relato oral.

Portanto, fique com essas aterrorizantes histórias que vão fazer você ter calafrios antes de dormir.

01 – Kushisake Onna

Essa história é a seguinte: Kushisake Onna, cujo nome significa “a mulher com a boca dividida”, é uma mulher que aparece normalmente à frente de pessoas que andam sozinhas pelas ruas das grandes cidades do Japão no meio da noite.

Ela usa uma máscara cirúrgica e um casaco e a primeira coisa que faz é perguntar: “Eu sou bonita?”. Se você disser não, ela cortará sua cabeça com uma grande tesoura que traz consigo. Se você responder que sim, então ela tira a máscara, revelando sua boca cortada de orelha a orelha.

A grande sugestão: não tente fugir dela, porque ela pode não gostar muito e se teletransportará para a sua frente. De qualquer forma, a coisa não vai ficar muito legal para você.

O problema é que isso não acaba por aí. Após a revelação de sua verdadeira face ela torna a perguntar: “E agora?”.

Se a sua resposta mudar e você disser não, ela cortará você pela metade. E, se responder sim, então você ficará igual a ela, pois Kushisake também cortará a sua boca.

Ou seja, não tem para onde correr!

02 – Teke Teke

A questão envolvendo essa lenda urbana é que não se sabe ao certo qual o nome da assombração e nem há muitos detalhes sobre suas motivações.

O que todo mundo concorda com a mitologia do caso é que se trata de uma jovem garota que caiu nos trilhos do metrô (ou pulou deliberadamente) e foi cortada pela metade pelo trem.

Daí em diante ela transporta noite após noite sua frustração por esse acontecimento em outras pessoas.

o que se relata é que, mesmo sem as pernas, ela move o seu tronco rapidamente pelas ruas à procura de alguma nova vítima.

Caso você seja o escolhido ela o cortará ao meio com uma enorme foice que arrasta junto a si.

E o nome “teke teke” é o som que é produzido no momento em que a menina se mover usando apenas os seus cotovelos.

Sinistro, não?!

03– Aka Manto

O Aka Manto é uma das mais conhecidas lendas urbanas japonesas e já foi reproduzida inúmeras vezes em mangás e animes da Terra do Sol Nascente.

O mote do mito é assim: Aka Manto (que significa “capa vermelha”) é um espírito maligno que assombra os banheiros e que aparece em ocasiões em que a pessoa inadvertidamente se sena ao vaso sanitário sem perceber que não há papel higiênico

A primeira coisa que ele irá fazer é lhe perguntar: “Você quer papel vermelho ou papel azul?”. Se você escolher o vermelho, você será cortado em pedaços. Se escolher o azul, você vai ser estrangulado até a morte.

Em outras versões da mesma história, há a possibilidade de você escolher o papel vermelho e ter a pele toda arrancada de seu corpo enquanto se você escolher o azul, o seu sangue será drenado para fora do seu corpo até a morte.

Também não dá para fazer muita escolha. Você não sairá vivo de qualquer maneira.

04– O Inferno de Tomino

“O Inferno de Tomino” (ou “Tomino’s Hell”) é um poema escrito por Yoomta Inuhiko e se encontra em um livro chamado “The Heart Is Like A Rolling Stone”. Também foi incluído na 27º coletânea de poemas de Saizo Yaso, em 1919.

Muitos japoneses acreditam que esse poema só deve ser lido mentalmente, pois se o fizer em voz alta coisas ruins acontecem quase que imediatamente.

Conta-se que uma vez um locutor leu o poema numa estação de rádio. e no meio da leitura ele ficou sem ar, parou de ler, caiu e teve um corte que precisou levar 7 pontos.

A mitologia por trás do caso é por que se trata de um texto em que a pessoa em questão, Tomino, morre e vai direto para o Inferno.

Por conta disso, algumas pessoas acham que ele é um poema amaldiçoado. Alguém quer tentar?

05 – A Menina da Lacuna

No Japão algumas pessoas acreditam que as casas que possuem lacunas e rachaduras espalhadas pelos seus cômodos vive um espírito maligno em forma de uma garota. Ela pode aparecer entre os móveis, as portas ou gavetas e está sempre à procura de alguém para brincar com ela.

Caso esta garota consiga te encontrar e você mantenha contato com ela haverá um pedido para que você brinque com ela de esconde-esconde.

Se você aceitar a brincadeira, na segunda vez que olhar para os olhos da menina dentro de uma lacuna, você será levado para outra dimensão (ou para o inferno, já que ninguém nunca voltou para relatar).

Tem coragem?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s