Little Green Cars: Nem só de U2 vive Dublin

É óbvio que um aficionado por música mais arguto atual saberá que o título acima é um pouco sensacionalista, visto que a Irlanda é dos países mais sonoros da Europa, mas é importante dizer também que uma boa parte das pessoas menos informadas só saberá dar como resposta quando perguntado sobre Dublin a palavra U2.

Os comandados de Bono Vox fizeram sua fama e, portanto, merecem o sucesso que possuem, mas a cidade natal deles tem propensão a outros tipos de sons por meio de inúmeras boas bandas e artistas.

Dentre os ótimos exemplos de Dublin e da Irlanda está o Little Green Cars, grupo especializado na sonoridade Folk e em tendências do Rock Indie.

Numa  olhada muito rápida podemos constatar que os meninos têm características vocais próximas do extinto e clássico The Mamas and the Papas, mas também absorve bastante coisa das parte instrumental e de ambiente do Fleetwood Mac.

Por vezes, os momentos mais fofos dos meninos podem nos levar a pensar no The Magic Numbers, mas é difícil compará-los com artistas destacados do gênero de hoje em dia como o Mumford and Sons, The Luminners ou Of Monsters and Men, justamente pelo fato dos irlandeses estarem menos preocupados em incluir elementos mais modernos a sua música.

O Little Green Cars foi formado em 2008 por Adam O’Regan, Stevie Appleby, Faye O’Rourke, Donagh Seaver O’Leary e Dylan Lynch, mas só teve seu primeiro disco, “Absolute Zero”, lançado em 2013. Antes disso, havia sido alçado ao mundinho indie pelos bons EP Volume I e Volume II.

Sua ascensão se deu principalmente após a assinatura com a Glassnote Music, tendo sido um meio perspicaz para que suas excursões tivessem maior possibilidade de aumentar suas milhas.

De início a banda excursionou apenas por América do Norte e Reino Unido, mas a partir do primeiro LP o passeio incluiu performances em outros lugares da Europa.

Aliás, foi neste mesmo período que participaram do programa de Jommy Fallon no qual tocaram seu single Harper Lee, além de terem sido incluídos no line up do SXSW em Austin, Texas e no Coachella Music Festival, na Califórnia, Lolla Chicago e o Osheaga em Montreal.

Após este impulso do ano de 2013, veio uma pequena pausa e voltaram a promover pequenas aparições somente em 215.

Em 7 de Janeiro de 2016, eles anunciaram seu segundo álbum, “Ephemera”, que acabou saindo para o grande público no último dia 11 de Março, através de transmissão exclusiva pela  BBC Radio 1 do single “The Song They Play Every Night”.

Por meio de palavras dos próprios integrantes do grupo o título do álbum tem a ver com um poema do irlandês vencedor do Nobel de literatura WB Yeats que mencionava o “lento desaparecimento do amor” transformando-o em algo efêmero.

Ultimamente, o Little Green Cars já trabalha em novo single, a canção “Easier Day”, auxiliados por vídeo lançado no Youtube e Vevo, tendo também o álbum completo disponibilizado pelo Spotify.

Fique com o vídeo da música mencionada acima e uma apresentação ao vivo para a Radio KEXP de Seattle logo aqui embaixo:

 

 


 

 


 

Ephemera – Little Green Cars

The Song They Play Every Night

You vs Me

Easier Day

The Garden of Death

Brother

Clare De Lune

Ok Ok Ok

The Party

I Don’t Even Know Who

Good Women Do

Winds Of Peace

The Factory


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s