Show quente na fria Islândia: conheça o “festival vulcânico” que aconteceu por lá

 

Você acha que a principal notícia em relação à Islândia é a vitória contra a Inglaterra ontem pela Eurocopa?

Sim, pode até ser mesmo pela importância histórica do evento, mas nada irá superar em curiosidade o evento ocorrido no país nórdico semana passada.

Pela primeira vez no mundo conhecido, um festival de música foi realizado dentro de um vulcão.

Não, você não ouviu errado. Pegaram os instrumentos, os artistas, os fãs e foi todo mundo para baixo da terra fazer música.

É óbvio que a maluquice para por aí, pois a atividade sonora foi organizada dentro de um vulcão que não entra em erupção há mais de 4,5 mil anos. Ufa!

Porém, além da doideira que deve ter sido a logística da bagaça também tivemos dinheiro gasto para que tudo corresse dentro do previsto (se é que se pode prever algo numa situação dessas). O preço de fazer parte dessa experiência não foi de custo pequeno já que foram gastos o equivalente a mais de R$ 6,7 mil.

Pode ser considerado um valor baixo perante qualquer festival top da Europa (ou mesmo daqui), mas a questão é que pouca gente pôde ir até o local para curtir um som.

Por razões de segurança, foram vendidos poucos ingressos e os shows tiveram de se focar em apresentações solo para diminuir a quantidade de decibéis dentro da caverninha.

Para chegar até o local das apresentações a galera teve de andar cerca de 4 km a pé por uma trilha que passava por campos de lava. Uma experiência, no mínimo, inusitada.

Porém, a última parte do caminho precisou de tecnologia, pois, para descer à câmara interna, os organizadores usaram um elevador de limpeza de janelas convertido especificamente para a situação que levava cerca de oito pessoas de cada vez em uma descida de 120 metros, algo que durava cerca de 6 minutos.

Tudo isso, ao que parece, valeu a pena, pois o público do evento (que teve de utilizar equipamento de segurança durante toda a estada no vulcão) saiu satisfeito não só pela boa música (característica daquele país onde todo mundo toca ou canta alguma coisa boa), mas também pela experiência única e exclusiva de fazer parte de uma atividade tão diferente dessas.

Entre neste link para ver um vídeo feito pela BBC sobre o evento na Islândia: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-36585305/embed

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s