Precisamos falar sobre a apresentação de Lady Gaga no Super Bowl

Resultado de imagem para lady gaga super bowl

O que foi aquilo?

Um misto de espetáculo visual, entrelinhas de crítica ao atual presidente estadunidense muito sutis, pirotecnia, habilidade vocal e corporal, audácia e coragem para voar por todo um estádio, facilidade para trocar o ritmo de uma música para outra enquanto os passos de dança iam saindo muito naturalmente, além de uma simpatia e carisma com a plateia e rédea total da situação.

Sim, esta foi Lady Gaga e sua apresentação impecável no Super Bowl.

Enquanto o Atlanta Falcons amassava o New England Patriots após dois primeiros quartos da decisão nacional do Futebol Americano e os intervalos comerciais batiam recorde de valores investidos pelos anunciantes Lady Gaga subia ao palco (na verdade, o estádio todo foi o palco) para tocar alguns de seus maiores sucesso no que foi mais um pout pourri do que que qualquer outra coisa.

Mas, por mais que pareça uma falta de respeito com a própria cantora ou com seu público, a decisão de deixar tudo picado foi altamente acertada, já que isso tornou tudo muito rápido, alucinante e devastador.

Ao final dos quinze minutos em que não havia como olhar para outro lugar do que para a performer americana o que apenas restava a dizer era alguma interjeição embasbacada ou um palavrão empolgado de surpresa com tudo o que havia ocorrido antes.

No final, algumas palavras aqui e ali para ressaltar a capacidade dos EUA de receber gente de todo o mundo e de celebrar a diversidade e outras pequeninas amostras de desagravo com Donald Trump, mesmo que não tenha sido totalmente explícito.

Enfim, Lady Gaga entra para o rol de apresentações memoráveis do Super Bowl neste que chegou a sua 51ª edição. O que a moça fez parecer até fazer Tom Brady acordar e realizar a façanha inédita de um time conseguir virar um jogo de final nacional no qual o primeiro tempo acabara em uma diferença de 25 pontos. Teve empate no tempo normal e vitória do time do marido de Gisele por placar final de 34 a 28.

Se os números do evento surpreender por toda a parafernália presente e o dinheiro investido, o show dentro e fora de campo não deixou a desejar e nisso os caras conseguem se superar a cada ano. Parabéns NFL, parabéns Patriots, parabéns Lady Gaga!


 

 


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s