Reforma Íntima

Resultado de imagem para reforma da previdencia

 

Esqueça a série preferida da Netflix, pare de prestar atenção no crush, não lembre nem da seleção brasileira hoje ou do seu time amanhã;

Faça ser esquecida a banda preferida e não se empolgue com o novo filme da Marvel e o novo trailer da DC;

Esqueça da briga entre Nescau e Toddy, da vida pós rede-social e da solidão que ela proporcionou; n

Não coloque na frente de suas prioridades qualquer uma das resoluções de final de ano e das muitas que deixará para trás;

Não deixe ficar no processo dos procedimentos imprescindíveis o novo livro das Crônicas de Gelo e Fogo e não se empolgue com qualquer reality show;

Que o meme novo da semana não seja sua coisa mais importante na atualidade e que a tristeza pela decepção amorosa de ontem fique em segundo plano;

Esqueça, esqueça de tudo o que não seja referente às reformas que o governo corrupto e incompetente quer enfiar goela abaixo de você e dos seus descendentes, pois caso todas elas passem você não poderá usufruir de nada colocado acima.

Não poderá nem sequer lamentar outras coisas, pois elas todas não serão mais importantes e necessárias.

Toda a sua vida será permeada (caso passem as ações contra os trabalhadores travestidas de reformas) por apenas produzir para os mais ricos, sua capacidade de viver será reduzida para sobreviver e suas ações serão apenas uma mera e próxima forma de existir.

Não, amigo, não há neste momento o que é legal ou ilegal, o que sobra apenas é a questão de passarmos por cima ou não desses caras que querem ser o poder supremo e que acham que somos apenas gado a ser jogado de um lado para outro até chegar o momento de nos abater e nos misturar ao papelão.

Não deixemos, portanto, esse papel ser dado aos nossos corpos, não é justo conosco, não é justo com quem lutou (e muito) e até morreu lá atrás para você usufruir de uma vida minimamente justa.

Ou a gente esquece de tudo o mais e briga pelo que é nosso ou nada mais será viável.

Nada!

Anúncios

Depeche Mode: com novo álbum, só falta um ano para ver ao vivo

Resultado de imagem para depeche mode

Alguém poderia dizer que a espera acabou por causa do lançamento do novo disco da banda de Dave Gahan, mas particularmente os brasileiros só ouvirão essas músicas ao vivo daqui um ano.

Os caras já disponibilizaram o disco “Spirit” e os comentários no mundo musical é de que se trata de um ótimo retorno do grupo britânico à sua fase mais áurea. São canções profundas, com ambientação sonora pesada e densa assim como deve se aguardar de alguém no alto da experiência de mais de 37 anos de carreira. Fora que a voz de Gahan está muito boa.

Outro ponto positivo do álbum: o teor político de faixas como “Where’s The Revolution” não o fazem panfletário. Pelo contrário, chamam para a discussão e reflexão. “Going Backwards”, “The Worst Crime”, “Poorman” e “Fail” são outros momentos acima da curva entre as boas 12 faixas.

Sendo assim, é mais do que natural que a turnê se estenda por mais de um ano ao redor do mundo. Europa e EUA são os destinos com mais datas, principalmente no próximo semestre. Alguns festivais estão no radar dos caras também.

Mas se ano que vem fará 24 anos desde o último show em terras brasileiras (uma apresentação abarrotada no Olímpia em 1994) a celebração da data se dará por meio de uma mega apresentação no anfiteatro do Allianz Parque com capacidade para 12 mil pessoas.

A excursão também terá datas em outros locais da América Latina e os ingressos já começaram a ser vendidos. Agora, só nos resta ouvir os novos singles e aguentar a ansiedade até lá.


Datas da turnê na América Latina

Imagem relacionada

11 de Março de 2018: Cidade do México, México @ Foro do Sol

16 de Março de 2018: Bogotá, Colômbia @ Simon Bolivar Park

18 de Março de 2018: Lima, Peru @ Estadio Nacional

21 de Março de 2018: Santiago, Chile, Estadio Nacional

24 de Março de 2018: Buenos Aires, Argentina @ Estadio Unido de la Plata

27 de Março de 2018: São Paulo, Brasil @ Allianz Parque


 

Depeche Mode – Spirit

Imagem relacionada

1 – Going Backwards

2 – Where’s The Revolution

3 – The Worst Crime

4 – Scum

5 – You Move

6 – Cover Me

7 – Eternal

8 – Pison Heart

9 – So Much Love

10 – Poorman

11 – No More (This is the Last Time)

12 – Fail


Depeche Mode – Where’s The Revolution

 

 


 

10 de Junho: esta é a data da volta do Gorillaz aos palcos

Resultado de imagem para Murdoc, Noodle e Russel

Damon Albarn já havia nos instigado quando informou que o Gorillaz terá novo álbum nos próximos meses (quem sabe até antes), pois o trabalho já foi produzido e até mixado, mas causou furor nos últimos dias saber que tudo isso acontecerá através de novas apresentações da banda animada (em duplo sentido mesmo) num festival criado por eles próprios.

O nome do evento será “Demon Dayz Festival” e, obviamente, tem como headliner a banda que tem como integrantes virtuais 2-D, Murdoc, Noodle e Russel, mas que foi criada através da mente maluca de Albarn na parte musical e Jamie Hewlett na parte visual.

O festival acontecerá dia 10 de junho em Londres, tendo a venda dos ingressos iniciando na próxima sexta-feira (10) – veja abaixo o cartaz.

Cartaz com a arte do festival criado pelo Gorillaz, Demon Dayz Festival

Local e bandas adicionais da atividade ainda não são conhecidos, mas pela quantidade de colaboradores que o grupo britânico possui não é de surpreender que alguns deles estejam no line up.

O Gorillaz já teve participação de gente como Mike Smith, Cass Browne, Simon Tong , Paul Simonon, Mick Jones, Gabriel Wallace e Jesse Hackett, possui alguns discos de platina por suas vendagens no Reino Unido e na Europa, já ganhou um Grammy em 2006 e no início do ano divulgou a inédita “Hallelujah Money”, composição em colaboração com o músico britânico Benjamin Clementine e empenhada em protestar contra Donald Trump e suas maluquices autoritárias.

Veja abaixo:

 


 

Ouça a nova música do Cold War Kids enquanto espera o novo álbum

Resultado de imagem para cold war kids

 

A banda indie americana Cold War Kids lançou nesta semana o novo single “Can We Hang On?” num estilo que lembra muito a pegada emocional dos últimos discos deles.

A música serve de preparo para o lançamento do sexto álbum dos caras intitulado “L.A. Divine” que já teve a bonita e dançante “Love is Mystical” divulgada recentemente e que deve estar nas prateleiras daqui a um mês.

Depois de ter passado pelo Brasil ano passado e já ter boa estada nos principais festivais mundo afora eles parecem ter se firmado como banda de arena e a sua música tem reafirmado isso com aqueles riffs característicos e coral para cantar juntinho (nada contra, há de se frisar).

O vídeo deste novo single você vê aqui logo abaixo e de quebra ainda ouve a outra canção para preparar a mãozinhas para balançar lá no alto quando o trabalho completo for lançado daqui trinta ou menos dias.


 

 

Cold War Kids – Can We Hang On?


Cold War Kids – Love is Mystical

 


 

“Mitologia Nórdica”: novo livro de Neil Gaiman chega em breve às livrarias

gaimannovo

Neil Gaiman sempre foi conhecido por tratar de assuntos sombrios e nebulosos em suas obras por meio de personagens lendários e míticos: Em “Sandman” a questão da brevidade da vida e o modo como nossos sonhos são transformados em algo não muito agradável são temas recorrentes, em “Morte”, além da obviedade do tema principal também são questionadas as nossas prioridades durante a vida e como isso pode se tornar obsoleto perante o fim eminente.

Em outros livros como “Deuses Americanos” e “O Oceano no Fim do Caminho” são somados aos temas antes aqui demonstrados o horror como parte integrante de nossa personalidade mais profunda e os mitos e histórias mais antigos que ajudam a ilustrar tudo de maneira bem facilitada. A mitologia toma sua parte nos eventos e proporciona momentos muito bons dentro da literatura contemporânea.

Seguindo a mesma linha que o consagrou, Gaiman decidiu escancarar de vez sua paixão pela mitologia antiga e pela vertente escandinava através de “Mitologia Nórdica”, seu novo livro que sai pela Intrínseca agora em Março em todo o território brasileiro.

A obra segue as ações e reflexões acerca de deuses mais populares como Thor, Odin e Loki, mas também se debruça sobre a história contada para explicar fenômenos naturais e situações antes difíceis de entender, além de divindades menos conhecidas como Ask, Embla e outras situações vividas em Asgard, Midgard e Hel.

Assim como ocorre com a Mitologia Grega, os fatos mitológicos nórdicos se atêm às atividades dos deuses que muitas vezes se assemelham aos seres humanos em seu egoísmo, ambição e até mesmo na luxúria.

“O incrível da mitologia nórdica é que os personagens são eles mesmos: eles têm falhas e são fascinantes”, comenta Gaiman. “Temos Loki e seus três filhos monstruosos. Temos Thor e deuses sendo assassinados e transformados em hidromel por anões malvados que são chantageados por gigantes.”

Foto promocional do autor

Resultado de imagem para nei lgaiman

Toda a trama criada por Gaiman tenta não se distanciar da maneira como elas chegaram até nós através das Eddas, escrituras em forma de poesia achadas na região nórdica que possuíam informações sobre as lendas mais antigas daquele povo.

Porém, como muitas dessas fantásticas descrições dos deuses ficaram esquecidas lá atrás ou não conseguiram resistir ao tempo, Gaiman lamenta que não possa usar mais informações e não se sinta preparado para criar em cima delas. Ele compara com a mitologia grega e romana e diz que é como se apenas as histórias de Teseu e Hércules ainda estivessem vivas.

“Há muitas deusas nórdicas. Sabemos seus nomes e alguns de seus atributos e poderes, mas suas histórias, seus mitos e rituais, não sobrevivem ao tempo. Queria poder recontar as histórias de Eir, a médica dos deuses; de Lofn, a consoladora, a deusa nórdica do casamento; ou de Sjofn, uma deusa do amor. Isso sem falar em Vor, a deusa da sabedoria. Até consigo imaginar algumas delas, mas não sou capaz de desvelar seus mitos”.

A chegada do livro de um autor tão renomado mundialmente é importante para tirar a mitologia nórdica de uma vala na qual fica bem abaixo da irmã grega quando se trata em conhecimento do grande público. Além de poucas pesquisas disponíveis para os leitores em geral falta mais diversidade no tratamento do que simples citações em histórias em quadrinhos ou filmes de super-heróis. Que venham mais obras sobre o tema e pesquisas embasadas sobre a história por trás de um movimento cultural tão rico do passado de um povo.


Cresce o rumor sobre lançamento do novo álbum de Lorde

Resultado de imagem para rumores sobre novo album de lorde

 

Se o primeiro álbum fez o sucesso já conhecido por nós era sabido que o segundo trabalho da neozelandesa Lorde teria algum  impacto no cenário musical mundial.

Porém, as proporções que estão tomando os rumores sobre a data de estreia do novo disco da cantora seguem aumentando e não é esperado nada menos do que sensacional vindo da garota.

Nos últimos meses muitas especulações foram sendo criadas em torno do sucessor de “Pure Heroine”, mas nada nunca foi comentado ou confirmado por gravadora ou acessória da artista.

Isso aconteceu, por exemplo, quando no final do ano passado, num comunicado interno da Republic Records, a respeito de uma reunião de 21/02 estariam na pauta da empresa algo de aconteceria em relação à carreira de Lorde no dia 7 de março.

A imagem que foi compartilhada pelos diversos canais de comunicação da música poderia ser o anúncio de um single, do álbum propriamente dito ou simplesmente um encontro com a moça que é contratada da multinacional do entretenimento. Mas não veio ninguém a público para desmentir ou reafirmar o que ali estava escrito

Veja a imagem abaixo:

 

lordes

 

 

Como a última aparição para qualquer atividade musical foi a homenagem a David Bowie ainda em meados de 2016 durante o BRIT Awards daquele ano mais rumores foram tomando corpo.

Neste quesito, a última novidade foi o misterioso teaser com a cantora que aparecer durante o intervalo comercial das emissoras de TV da Nova Zelândia no qual Lorde aparece no banco de trás de um carro comendo algo e tomando refrigerante e na frente o motorista faz o mesmo. A menina aparenta aguardar por algo enquanto tocam alguns acordes de uma música que não se assemelha com nada que ela tenha feita antes. Após esta cena rápida aparecem duas legendas na tela. A primeira se refere ao dia 2 de março (hoje) em Nova Iorque e a segunda sobre 3 de março na Nova Zelândia.

Depois disso, vemos a imagem estilizada de um carro (que poderia ser onde ela estava antes) com o vidro frontal quebrado por algo bem caracterizado como um tiro do lado direito.

Muita gente já tuitou sobre o assunto e já foi mencionado por aí que o novo single teria o nome de “Green Light”, porém até agora não há nenhuma notícia cravando do que se trata, mas até o final do dia saberemos mais.

Veja aqui o teaser com Lorde: