Ouça a nova e bonita “Chinatown” de Liam Gallagher

Resultado de imagem para liam gallagher

 

Enquanto Noel continua na miúda e não fala nada sobre o novo álbum o irmão dele solta uma a cada dia e ainda dá umas alfinetadas de leve no brother.

A última estilingada de Liam Gallagher foi bem de leve, pois disse que prefere “comer merda a ouvir U2” (não nos esqueçamos que Noel excursionará com a banda irlandesa e até virá ao Brasil no final do ano junto com Bono).

Liam lança em 6 de outubro seu primeiro disco solo de verdade (depois da saída do Oasis lançou coisas com sua banda Beady Eye). O nome do trabalho é “As You Were” e tem provocado boas críticas, a julgar pelos singles que já soltou por aí.

O novo som do rapaz se chama “Chinatown” e parece apostar apenas na simplicidade por meio da boa voz de Gallagher.

Abaixo, veja o vídeo cheio de pontos turísticos de Londres e sinta a música enquanto Liam deve estar pensando em algum xingamento novo seja lá para quem for.

 

 


 

P.J. Harvey: um top 5 para lembrar que daqui quatro meses ela estará aqui

Resultado de imagem para pj harvey em são paulo

 

Não. Polly Jean Harvey não deu nenhuma entrevista polêmica nas últimas horas e nem lançou single novo.

P.J. não fez nenhuma apresentação relâmpago em lugar de difícil acesso ou mesmo numa loja de discos, tampouco movimentou o Twitter e Instagram com opiniões complexas e fotos ousadas.

A musa indie não está a realizar campanha para nenhuma grife da moda ou realiza neste instante propaganda política na tv e internet.

Mais do que isso, a moça inglesa está bem quietinha no seu canto, tirando o fato de que tem participado da maioria dos bons festivais da Europa e EUA (Glastonbury é o mais recente deles).

Porém, como a ansiedade é grande pela vinda da mulher em 15 de Novembro para apresentação durante o Popload Festival a coceira por fazer um post com ela foi maior.

Portanto, abaixo teremos um top 5 com momentos em que P.J. Harvey não foi menos do que incrível.

 


  • P.J. Harvey recebe o prêmio de melhor novo artista do ano de 1993 através de eleição promovida pela Revista Rolling Stone. (abaixo a artista em ação com o single “Dress”)

 

 


 

  • Polly Jean recebe novo prêmio da revista Rolling Stone, dessa vez por ser a artista do ano de 1995. (abaixo, sua performance com “Down By The Water”)

 

 


 

  • As parcerias com Nick Cave, Mark Lanegan e Thom Yorke

 

 


 

 


 

 


 

  • A inglesa de 47 anos recebeu em 2011 e 2013, respectivamente, prêmios da NME (revista especializada em música independente inglesa) e da MBE (Ordem do Império Britânico) por sua contribuição à música. Tudo isso, logo após o festejado e também premiado disco “Let England Shake”.

 

 


 

  • O ano de 2016 foi especial para a carreira da cantora por conta do lançamento do álbum “The Hope Six Demolition Project” e sua ferrenha veia crítica contra a política armamentista mundial e sua turnê por locais devastados pela fome, guerra e desastres naturais e/ou realizados pelo homem.

 

 


 

  • Tem mais alguma lembrança de momentos marcantes da carreira de P.J. Harvey? Mande pra gente!

Novos Sons: muito barulho e fofura com Charly Bliss

Resultado de imagem para charly bliss

 

Não se deixe enganar apenas pelos primeiros acordes barulhentos da guitarra de Spencer Fox, você será catapultado pela fofura de Eva Hendricks daqui a dez segundos. Tudo bem, no início haverá um desconforto por conta da agudez de sua voz, mas logo você se acostuma.

Charly Bliss traz a nós nessa época de pouca diversidade sonora um power pop competente e sincero que se referencia basicamente em Sleater-Kinney, Belly e Throwing Muses, mas que por meio do vocal quase infantil de sua cantora proporciona uma experiência um pouco diferente.

O som energético proveniente do quarteto completado por Sam Hendricks (bateria) e Dan Shure (baixo) é apenas debutante na cena musical nova-iorquina. Criado o grupo no Brooklyn, em 2014, eles lançaram um EP de apenas três músicas junto com um vídeo promocional e ainda tiveram a criatividade de compor uma atividade multimídia com uma trilogia de quadrinhos.

Agora, em 2017, com o lançamento de “Gupy” pôde continuar a surfar no sucesso obtido nas rádios colegiais ao redor dos E.U.A. que desde o single “Ruby” do ano passado aposta na banda.

Desde esta boa recepção vem recebendo elogios da crítica especializada do underground americano com nomeação, inclusive, ao Top 10 Songs of the Week da Consequence of Sound.

Para divulgação do álbum novo o grupo já lançou “Glitter”, em 8 de fevereiro de 2017 e acabou de realizar apresentação com entrevista à KEXP FM que você pode conferir logo abaixo: