Após nova incursão ao lado de Duke Garwood, Mark Lanegan se prepara para retorno ao Brasil

Resultado de imagem para mark lanegan and duke garwood with animals

 

Se há alguém com facilidade para fazer disco bom em tão pouco tempo este é Mark Lanegan

O ex-líder dos Screaming Trees e amigo de gente batuta como P.J. Harvey, Isobel Campbell, entre outros, acaba de lançar álbum novo, o segundo em parceria com Duke Garwood. O nome da peleja é “With Animals” e conta com um ambiente mais denso e pesado que o anterior, “Gargoyle”(2017), com pinceladas mais complexas no quesito instrumental por conta do guitarrista com quem divide as composições.

O disco lançado na última sexta-feira (24) tem distribuição pela Heavenly Records e foi concebido todo em estúdios de Los Angeles e Pasadena nos EUA. Com 12 faixas produzidas pelos próprios executores da obra, “With Animals” tem todas as qualidades que fizeram de Lanegan o artista diferenciado que sempre foi: grande intérprete, cantor formidável e band leader de respeito que não se vê muito por aí.

Com show marcado para São Paulo no meio do feriado na semana que vem aqui em São Paulo, não se sabe bem se o setlist da apresentação terá canções do álbum em questão, pois parece que o homem vem apenas com pequena trupe junto.

Ademais, é só aguardar pela presença do cantor no Cine Joia e por sua capacidade de fazer muito com tão pouco de estrutura em suas mãos. Uma atividade que pode valer muito mais a pena se feito em locais pequenos como o local onde será feito o show do que em qualquer casa enorme da cidade.


 

Mark Lanegan and Duke Garwood – With Animals

 

Resultado de imagem para mark lanegan and duke garwood with animals

 

1 – Save Me

2 – Feast to Famine

3 – My Shadow LIfe

4 – Upon Doing Something Wrong

5 – L.A. Blue

6 – Scarlett

7 – Lonesome Infidel

8 – With Animals

9 – Ghost Stories

10 – Spaceman

11 – One Way Glass

12 – Desert Song

 


 


 

Anúncios

E o Interpol já disponibiliza material do novo trabalho

Resultado de imagem para interpol band marauder

 

Com lançamento previsto mundialmente para amanhã (24) do novo disco o Interpol já disponibilizou vídeo hoje para a música “If You Really Love Nothing”.

Com participação super especial de Kristen Stewart no clipe a canção lembra muito o conteúdo do trabalho anterior do grupo norte-americano, “El Pintor”, lançado há quatro anos.

Agora é esperar pelas 13 faixas que foram produzidas pelo próprio Paul Banks em parceria com Dave Fridman, conhecido por atividades com MGMT e Flaming Lips.

Anteriormente ao vídeo de hoje já se tinha ouvido as músicas “The Rover” e ‘Number 10″, mas a ansiedade pelo restante do álbum é grande no mundinho indie.

“Marauder” sai pela Matador Records e também terá liberação para todas as plataformas de streaming e por vinil.

Veja o vídeo abaixo e depois confira os nomes de todas as canções do disco:

 


 

 


 

Resultado de imagem para marauder album

 

1 – If You Really Love Nothing

2 – The Rover

3 – Complications

4 – Flight of Fancy

5 – Stay in Touch

6 – Interlude 1

7 – Mountain Child

8 – NYSMAW

9 – Surveillance

10 – Number 10

11 – Party’s Over

12 – Interlude 2

13 – It Probably Matters

Disclosure volta com tudo

Imagem relacionada

 

Depois de ficar um tempinho parado nos últimos dois anos, Guy e Howard Lawrence, voltam cheios de vontade lançanmdo uma música atrás da outra.

O lançamento do terceiro álbum do Disclosure deve ter confirmação nas próximas horas, pois só no último dia foram três canções jogadas na rede para apreciação geral.

Como a divulgação tem moldes de guerrilha fazendo parte da internet, dos principais programas de rádio da Europa e América e com publicações fazendo matérias repentinas sobre os rapazes e sua decisão de sair da toca as faixas “Moonlight”, “Where Angels Fear To Tread” e “Love Can Be So Hard”, essa com uma cara menos Disclosure, por assim dizer, já tocam bastante por aí.

Por enquanto, é somente isso que se sabe, mas é bom ficar de olho porque não deve tardar para mais novidades.

Abaixo, ouça (e veja também) as três músicas citadas lá em cima:


 

 


 

 


 

 


 

Novo do Death Cab For Cutie já liberado para audição

Resultado de imagem para thank you for today músicas

 

Foram três anos de espera para ouvirmos coisa nova do Death Cab For Cutie, mas a demora valeu a pena.

Desde ontem, o grupo norte-americano, através da plataforma musical NPR, liberou a audição de seu novo álbum, “Thank You For Today”, que fisicamente chegará às lojas na próxima sexta-feira.

Durante uma entrevista para o site DIY nos últimos dias, Ben Gibbard, guitarrista e vocalista da banda, falou sobre sua expectativa com o lançamento: “Estou muito feliz com a forma que ele tomou. Estou confiante de que há várias músicas que lembrarão aos fãs a razão deles terem gostado da banda. O disco está mais em sintonia com os nossos primeiros álbuns”.

“Thank You For Today” é o nono trabalho de estúdio completo do grupo e possui dez faixas que foram produzidas por Rich Costey para sair pela Atlantic Records. Também é o primeiro registro do Death Cab sem Chris Walla, que deixou o grupo após o último álbum “Kintsugi”.

Para esta nova empreitada musical Dave Depper e Zac Rae, que já estavam incorporados à banda durante toda a turnê passada são efetivados como membros fixos do DCFC.

O grupo já saiu em turnê mundial e passa pelo Brasil em 15 de Novembro para show no Popload Festival, ao lado de Lorde, Blondie, At the Drive In e outros artistas de peso.

 


 

Death Cab For Cutie – Thank You For Today

 

Resultado de imagem para thank you for today músicas

 

1 – I Dreamt We Spoke Again

2 – Summer Years

3 – Gold Rush

4 – Your Hurricane

5 – When We Drive

6 – Autunm Love

 7 – Northern Lights

8 – You Moved Away

9 – Near/Far

10 – 60 & Punk

 


 

 


Carne Doce: “Tônus” é prova irrefutável da qualidade da banda

Imagem relacionada

 

Após o ótimo EP “Dos Namorados” (2013) e dos incríveis discos “Carne Doce” (2014) e “Princesa” (2016) a banda de Goiânia liderada por Salma Jô e Macloys, além de João Victor Santana, Ricardo Machado e Anderson Maia chega agora ao terceiro álbum chamado “Tônus”.

A empreitada tem 10 faixas, foi produzida pela própria banda e possui colaborações em “Brincadeira” e “Amor Distrai (Durin)” de Fernando Almeida Junior, guitarrista do Boogarins. O disco sai através do selo Natura Musical.

Com temas como a entrega exacerbada ao amor em “Comida Amarga” e “Nova Nova”, passando pelo erotismo do já citado “Amor Distrai (Durin)” e do amargor interno das pessoas da faixa “Ossos”, o Carne Doce ainda permeia momentos de R&B, MPB, indie pleno e psicodélico em que tudo isso pode ser percebido numa única música.

A voz e a aura forte de Jô continuam as mesmas e nem precisava ter um time de instrumentistas tão bom para prestar atenção à sonoridade do grupo do centro-oeste, mas essa característica de todos eles se faz e muito presente com viagens lisérgicas que conduzem o ouvinte a outro patamar.

Até mesmo o final do álbum com a bonita “Golpista” prova isso com levantes intensos de compassividade instrumental que fogem do óbvio.

Portanto, se “Tônus” não é um primor do início ao fim de sua caminhada de mais de 41 minutos de existência chega bem perto de merecer tal alcunha.

 


 

Carne Doce – Tônus

 

Resultado de imagem para carne doce tonus

 

1 – Comida Amarga

2 – Irmãs

3 – Besta

4 – Amor Distrai (Durin

5 – Brincadeira

6 – Já passou

7 – Tônus

8 – Ossos

9 – Nova Nova

10 – Golpista

 


 

 


 

 


 

1ª Temporada de Succession termina com fôlego para a próxima

Resultado de imagem para succession imdb

 

O início de Succession dava a pinta de demonstrar um seriado fechado com começo, meio e fim acontecendo nestes dez capítulos que seriam finalizados ontem pela HBO num trabalho de excelência de Jesse Armstrong.

Mas o que ninguém esperava era que o desenvolvimento dos personagens ultrapassasse o clichê habitual de uma família rica que luta por poder tal qual já aconteceu tantas vezes. Uma espécie de Dallas moderno.

Ok, o mote do programa é este. Mas além da figura de Logan Roy (Brian Cox) claramente inspirado em inúmeros barões da mídia conservadora americana (assim como poderia ser comparado com um certo senhor Marinho por esses lados de cá) e da sua arrogância acumulada com perspicácia e malandragem no mundo corporativo/político também havia muito o que contar sobre os seus filhos.

Sim, em muitas de suas características todos são arquétipos de uma forma de ser já apresentada na TV e no cinema, mas quando aprofundados não se via apenas sua vida mesquinha, cheia de empáfia e vazia. Há muitas camadas que tanto Kendall Roy (Jeremy Armstrong) quanto Shiv Roy (Sarah Snook), Connor Roy (Alan Ruck) e Roman Roy (Kieran Culkin) puderam tatuar em tela para que o telespectador analisasse de quem gostava menos ou odiava mais.

Certo, há os coadjuvantes de dentro da família como Greg (Nicholas Braun), Marcia (Hiam Abbass) e Tom (Matthew McFadyen) e um destaque especial para a participação curtinha de James Cromwell vivendo Ewan Roy e não se pode menosprezar todo o restante do elenco de apoio, mas o roteiro vai e vem e sempre pousa sobre os ombros da aura perturbadora de Logan e da sombra que abate sobre seus herdeiros.

A edição também é ótima e se alinha com a decisão de focalizar as cenas por meio de uma câmera ora tremida, ora em zoom e looks que vão e vêm para tomar conta de alguns segundos dos traços do rosto do personagem ou da forma como está falando.

É certo que houve em alguns momentos da temporada uma lentidão exagerada para chegar ao próximo passo, algo que se avizinhava de maneira quase óbvia, mas que se prejudicava por enrolações desnecessárias, porém isso ainda não foi suficiente para tirar o ritmo bom do show.

E nos últimos três capítulos aconteceu o mais relevante, mas tudo isso só poderia ser importado por quem assiste se de fato houvesse uma conexão com a história e com os protagonistas desde as primeiras cenas lá no início.

Dessa forma, a entrada de vez de Shiv no mais alto grau da política estadunidense (e seus podres também), a demonstração do quão ridículo é Roman, o desvendamento da figura patética que é Connor e a insegurança frente a tudo que tem a ver com o pai no que diz respeito a Kendhal tiveram seu ápice agora em conjunto com a prepotência que caracteriza a todos eles.

Afinal de contas, dificilmente numa série que busca mostrar como é o mundo corporativo lá no topo da cadeia haveria lugar para pessoas que se importam com o próximo ou com a moral e a ética.

E nesse sentido uma segunda temporada se faz necessária para termos acesso a mais meandros deste mundo e de suas entranhas cada vez mais nojentas e inescrupulosas. Um último destaque para a qualidade da trilha sonora em geral e a abertura do programa (apesar do uso excessivo de seu tema na maioria dos episódios).

 

 

 


 

Tempo para ataque de alegria: Balaclava Fest confirmado com duas atrações pesadas

Resultado de imagem para balaclava fest

 

Sim, o Balaclava Fest já é um a realidade há muito tempo, tendo recebido em edições anteriores Yuck, Mac DeMarco, Slowdive, Future Islands, Washed Out, Peter Sagar e até mesmo na ala nacional Mahmed, Rincon Sapiência, Ventre e Terno Rei.

Mas o deste 2018 parece querer subir de patamar com um line up que já começa pesado com atrações confirmadas de Warpaint e Deerhunter e alteração de local para a Audio Club, casa formidável situada na Barra Funda em São Paulo.

O caso das meninas californianas é de bastante contato com o Brasil já que vieram se apresentar por aqui duas vezes, a última tendo sido ano passado durante o Art of Heineken, evento quase fechado realizado no MAM-SP. Já a situação do projeto do cantor Bradford Cox é diferente, pois se trata da primeira vez sua em solo brasileiro.

 

Resultado de imagem para balaclava fest warpaint

Ainda haverá confirmação de outras atrações, mas somente com essa escalação é possível dizer que temos mais um festival aumentando seu leque de opções e subindo de degrau na agenda cultural da cidade.

Os ingressos já podem ser adquiridos pelo site da Ticket 360 (ticket360.com.br) e  os preços custam a partir de 120 reais. O evento acontece no dia 04 de Novembro (aniversário do dono do blog).

 

DjnX9jkW0AAhvqi