“Grama”: Uma devastadora história sul-coreana

Quadrinho coreano “Grama” já está em pré-venda – Biblioteca ...

 

O Selo Pipoca e Nanquim tem se especializado em trazer clássicos da literatura e das HQs nos últimos anos e neste período de pandemia parece que estão fazendo de tudo para serem mais incríveis ainda.

Depois de lançarem nos últimos dias uma nova edição de “A Profecia” (David Seltzer), ter ido atrás de Maxwell, O Gato Mágico (Allan Moore) e de nos presentearem com coisas especiais como Gastaria Tudo Com Pizza (Pedro Duarte), há inúmeras versões de gente gabaritada do mundo todo como Phillipe Druillet e Moebius, só para ficar em dois mestres da 9ª Arte.

Mas agora os proprietários da Editora foram um pouco mais longe (mais precisamente na Coreia do Sul) e trouxeram um título que está concorrendo neste ano ao Prêmio Eisner de melhor história em quadrinhos baseado em fatos. “Grama” foi escrito e ilustrado por Keum Suk Grendy-Kim se baseando numa entrevista que fez com Ok-sun Lee, sobrevivente das memórias contadas no livro.

Sob a ótica de sua protagonista, ficamos sabendo uma das mais odiosas situações ocorridas na primeira metade do século XX na região asiática invadida pela império japonês que perdurou até o final da II Guerra Mundial.

As Casas de Conforto retratadas aqui geram mal estar entre Coreia do Sul e Japão até hoje e muitas das histórias aqui contadas ainda estão sendo desvendadas pela imprensa desses dois países. Muito se perdeu com as milhares de mulheres mortas nesse período ou com o seu silêncio triste posteriormente a isso.

Há muito o que se pensar sobre a história da HQ, seu modus operandi e as escolhas artísticas que fazem dela um clássico instantâneo que merecerá maiores análises pelas próximas décadas, assim como já foi feito com obras pesadas do quilate de Maus (Art Spiegelman) ou Persépolis (Marjani Satrapi), pra ficar em apenas duas obras-primas. Mas existe algo no âmago de “Grama” que é difícil de se conseguir: é um livro feito com extrema sensibilidade, uma subjetividade que, de tão pura e latente, se torna objetiva e palpável.

Enfim, dado o universo profundamente angustiante e terrível contado durante a obra é de bom tom que não se libere mais sobre a história para não cairmos em spoilers que estraguem a experiência do leitor, mas é de se avisar: é extremamente emocionante e triste.

Portanto, em tempos como os nossos, em que se procuram inúmeras desculpas para se manter na sociedade ações abjetas como a violência policial, a desigualdade de gênero, o preconceito e o profundo abismo entre as classes sociais, gerando absurdos como a escravidão e objetificação da mulher, é extremamente importante que tenhamos acesso a histórias como “Grama” para nos lembrarmos que esse maneira de agir e pensar vem lá de trás e que quanto mais acreditarmos que isso não se repetirá mais daremos força para elementos de degradação humana.

 


 

Obra: Grama

 

Quadrinho coreano “Grama” já está em pré-venda – Biblioteca ...

Autora: Keum Suk Grendy-Kim

Editora: Pipoca e Nanquim

Pré-Lançamento: Junho / 2020

Preço na Pré-Venda: R$ 55,90 (Amazon Prime ou Site da Editora)

 


 

Na quarentena: cinco canais do Youtube para aproveitar durante o isolamento

Arthur Gimenes: Dicas para se entreter nessa quarentena - Luiz ...

 

São tempos difíceis.

Uma época em que temos de ficar em casa não ia ser tranquila mesmo, mas fazer isso por conta da necessidade de se manter vivo em detrimento da expansão de um vírus altamente contagioso como é o caso do Novo Coronavírus não estava no roteiro de ninguém.

E é nesse momento pouco confortável que muita gente teve que se isolar socialmente, ficar em casa a pulso e ter, inclusive, que trabalhar por meio de processo remoto.

Há ainda o bônus (ou ônus) de crianças e adolescentes terem de conviver de maneira onipresente com os mais idosos sem que haja um contato mais aproximado e com a responsabilidade de sustentar o confinamento sabe-se lá por quanto tempo ainda.

Dessa maneira, pensar em situações de entretenimento durante este período único em nossa era é de suma importância para todos e como o blog se destina mais detidamente ao público que consome cultura pop nada mais digno de nossa parte do que aconselhar maneiras de essa pandemia ser menos traumática para todos no quesito de se ocupar enfim de algo.

Nesse sentido, segue abaixo uma lista de cinco canais disponíveis no YouTube para acalmar a alma de gente que quer se informar sobre cinema, literatura, gastronomia e artes e afins. Claro que a ideia é sugerir de acordo com critérios próprios do Blog, mas se alguém se sentir à vontade pode falar sobre outras dicas nos comentários.

Pipoca & Nanquim:

 

 

O programa surge em 2009 através da TV Uniara, ligada à Universidade de Araraquara e, a partir de 2011, passou a ser publicado de forma independente como canal do YouTube.

Neste mesmo ano seus criadores Alexandre Callari, Bruno Zago e Daniel Lopes começaram a trabalhar na Editora Mythos. Ao longo dos anos posteriores publicaram a série “Quadrinhos no Cinema” pelo selo Generale da Editora Évora e houve participações de coleções de contos selecionados e traduzidos por Alexandre Callari.

Em 2017 através de uma parceria com a Amazon surge a editora Pipoca & Nanquim especializada na publicação de histórias em quadrinhos e que faz hoje uma boa fusão com o canal de vídeo.

Por lá os três apresentadores mostram lançamentos da própria editora, fazem análises de HQs, Mangás e afins da gringa e também se arriscam (e bem) na crítica e na sugestão de filmes, séries e animes dos mais variados gêneros e épocas.

O canal tem mais de 200 mil inscritos, possui vídeos quase todos os dias da semana e consta aqui como sugestão por causa do carisma de seus três criadores e também pelo conhecimento deles em relação aos temas demonstrados em vídeo e da grande variedade e qualificação do acervo de sua editora.

 


 

Boteco do J.B.

 

 

Criado por Julio Bernardo, o canal do YouTube já possui mais de 180 mil inscritos, apesar da produção errática e de nunca se saber quando haverá um programa novo a ser visto.

Porém, a questão é exatamente essa. No momento em que um novo passeio de J.B. é mostrado pelo mostrador do site é impossível de deixar de ver.

Dono de uma acidez difícil de ser encontrada na crítica gastronômica brasileira, Boteco do J.B. promove idas e vindas de Julio por bares, botecos, restaurantes e agregados para degustar, amar e destilar ódio da comida e bebida destes mesmos locais.

Prefira começar por tours para provar uma iguaria específica em vários locais. Já teve via crucis da coxinha, da feijoada, do cheese burger e um monte de outros pratos pelas ruas, principalmente, de São Paulo.

Isso não significa que não haja espaço para caminhadas pela vida gastronômica de Rio de Janeiro, Belém, BH e Curitiba, por exemplo, mas o que vale também no canal é o jeito informal e, ao mesmo tempo, altamente técnico com que Julio explica suas preferências.

 


Canal do Getro

 

 

O canal mais bem entendido quando o assunto é terror, horror e filme trash do YouTube brasileiro foi criado pelo baiano Getro Guimarães.

Dono de um texto bem escrito e de uma forma de falar expansiva Getro é um pesquisador compulsivo do tema e também uma pessoa com conexões dentro e fora do país que o deixam bem informado com meses de antecedência de boa parte dos influenciadores digitais especializados no gênero.

Com a nova onda de filmes e livros voltados para a área acabou tornando possível um prato cheio para mais conteúdo no canal e fez com que o publicitário tenha se convencido de ter mais tempo para a produção de mais vídeos.

Atualmente, ele costuma incluir novos programas às terças-feiras e quintas-feiras e faz estreias no canal com interatividade com seus quase 350 mil inscritos que podem também realizar camisetas estilizadas de seus quadros Baseado em Fatos, Os Piores Filmes de Todos os Tempos, Os Filmes Mais Perturbadores do Planeta e Video Nasties Revival.

 

Além disso, de vez em quando Getro acaba por realizar um grande favor aos seus fãs por conta da garimpagem que faz de filmes sinistros dos serviços de streaming. Um achado que não pode ser desprezado por quem gosta do assunto.

 


Meteoro Brasil

 

 

E quem disse que aprender também não pode ser divertido?

Aliás, não é apenas aprender, mas também se politizar, ficar informado com o que mais importa no dia, sanar dúvidas sobre questões palpitantes da semana e se tornar mais crítico para não ser surpreendido por fake news, pós-verdades e canalhices do admirável mundo novo.

Tudo isso pode ser atribuído ao canal Meteoro Brasil que joga na rede mundial de computadores vídeos quase todos os dias. Muitas vezes há até mesmo uma dupla de programetes bem produzidos, de edição classuda e roteiro bem engendrado.

Isso tudo já seria suficiente para o entretenimento geral, mas o conteúdo de suas análises é muito profundo, a pesquisa é realizada com afinco e os dois criadores, um jornalista e uma professora de artes que atendem pelos pseudônimos Mulher Mais Sábia e O Cara Mais Simples, sabem variar sobre o produto que estão avaliando.

Claro que a política brasileira toma bastante tempo do canal, mas Ciências Sociais, História, Biologia e Geografia também aparecem bastante no meio das discussões que mergulham até o fundo possível para um vídeo de aproximadamente 10 minutos. No final das contas serve como um trampolim para a pesquisa posterior em outras mídias.

 


Cansei de Ser Chef

 

 

Normalmente, canais do YouTube que tratam de gastronomia são enfadonhos exatamente por serem didáticos, estilizados ao extremo e vazios de carisma por parte de seus apresentadores.

Pois isso é algo com o qual o canal Cansei de Ser Chef não sofre. Por lá Bruno Salomão, “chef de profissão e de alma” como ele mesmo se refere, faz comida sem frescura e com muita paixão.

É também um canal que mostra aos seus quase 370 mil inscritos muito sobre a história dos pratos e o contexto pelo qual sua criação passou ao longo dos tempos. Faz do preparo de pratos uma jornada divertida e empolgante.

Também há no canal muitos momentos em que há dicas sobre armazenamento de produtos alimentícios, formas de produzir embutidos em casa, preparo de pimentas e conservas e ainda pode se deliciar com as brincadeiras do seu apresentador que possui carisma e traz convidados bacanas para trocar ideias sobre comida em geral.

Enfim, no meio de tanta coisa falando sobre o tema na internet e especificamente no YouTube o canal em questão faz com que você tenha vontade, não só de comer aquela iguaria, mas também de fazê-la. Uma gostosura!

 


 

V Slam Interescolar: veja imagens da participação do Slam do Riva

 

Aconteceu ontem (13/11) a grande final do V Slam Interescolar de São Paulo no CCJ (Centro Cultural Ruth Cardoso) na Zona Norte da cidade.

Sob a supervisão e organização do pessoal do coletivo Slam da Guilhermina o evento teve a participação de 45 escolas de ensino fundamental do estado de São Paulo.

Com uma plateia de aproximadamente 700 pessoas, dentre alunos, professores, parentes dos participantes e convidados, a ação que já é sucesso (e que terá sua versão Ensino Médio hoje às 14 horas) e motivo de atividades expressivas por professores e alunos ao redor de vários pontos do Brasil.

O Slam do Riva foi representado pela aluna Sarah Morais e todo o apoio da torcida levada pela escola foi decisivo para que ela e outros participantes tivessem força para conseguir falar no palco.

Veja abaixo algumas das fotos da atividade realizada ontem:

 

 


 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

 


 

VI Concurso dos Contos de Terror do Riva: veja o resultado final

51784183-352-k649352

 

Mais um ano de muito trabalho, mais um ano de intenso processo criativo entre os alunos e alunas e mais um ano de sucesso.

Este é o cômputo final do VI Concurso de Contos de Terror do Riva que é promovido pela Sala de Leitura Cora Coralina da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior.

Foram 17 histórias com a temática do Terror, Suspense ou Mistério que foram escritas por meninos e meninas do Ensino Fundamental desde o 5º Ano até o 9º Ano. Muitos foram os assuntos tratados e muitos sustos e arrepios roubados dos leitores do Blog.

E agora chegou o momento de informar a todos o resultado final. Foram computados os votos através de comentários e curtidas desde o dia 02/10 até o final do dia 31/10. Todos os votos em duplicidade foram excluídos e aqui estão nossos escritores vencedores:

 


 

1º Lugar: O Menino Sanguinário II (Hyuri Ricardo – 7º Ano A)

37b3f-20366299

92 Comentários + 6 Curtidas = 98 Votos

 


 

2º Lugar: Esther, A Menina Amaldiçoada (Marina da Cruz – 5º Ano D)

o-BLACK-EYED-CHILD-facebook

82 Comentários + 1 Curtida = 83 Votos

 


 

3º Lugar: Show de Horror (Agnnes Oliveira – 8º Ano C)

palhaço-600x400

59 Comentários + 1 Curtida = 60 Votos

 


 

4º Lugar: Peter e Seus Bonecos Amaldiçoados (Thaynara Gomes – 9º Ano A)

mestredosbrinquedos

50 Comentários + 8 Curtidas = 58 Votos

 


 

5º Lugar: O Pacto (Rihanna de Oliveira – 5º Ano C)

207f96da4f8074cb1d0fbdd830c57881bcbce22c_00

40 Comentários + 1 Curtida = 41 Votos

 


 

6º Lugar: Uma Noite no Cemitério (Guilherme Gomes – 7 Ano A)

Conto-terror

25 Comentários + 5 Curtidas = 30 Votos

 


7º Lugar: A Noite Obscura (Bryan Felipe – 9º Ano B)

city-2205806_960_720

23 Comentários + 3 Curtidas = 26 Votos

 


8º Lugar: Maya, A Menina Assombrada (Lavynia Revito – 5º Ano D)

29836323-288-k258912

23 Comentários + 2 Curtidas = 25 Votos

 


 

9º Lugar: Oito Meses de Espera (Alice Ferreira – 7º Ano C)

hosp2

12 Comentários + 1 Curtida = 13 Votos

 


10º Lugar: A Criatura (Dennis Oliveira – 6º Ano B)

Monster creature woman in creepy forest,3d illustration for book

9 Comentários + 2 Curtidas = 11 Votos

 


11º Lugar: O Psicopata (Gustavo Souza – 5º Ano C)

pshychoo-1140x627

7 Comentários + 1 Curtida = 8 Votos

 


12º Lugar: Emily e Seus Apavoramentos (Vitória Andrade – 5º Ano D)

ritual-900x493

6 Comentários + 1 Curtida = 7 Votos

 


13º Lugar: Os Olhos Amarelos (Dhyovana Pinheiro – 7º Ano C)

Wild-black-cat-yellow-eyes-macro-photography_1920x1080

5 Comentários + 1 Curtida = 6 Votos

 


 

13º Lugar: Era Uma Vez a Morte (Lucas de Moura – 6º Ano B)

The_Park_ScreenShot_3_3240.0

5 Comentários + 1 Curtida = 6 Votos

 


 

13º Lugar: O Longo Dia das Bruxas (Kauan Sampaio – 7º Ano C)

big_1450268055_BME040205

5 Comentários + 1 Curtida = 6 Votos

 


 

16º Lugar: O Homem Morto (Guilherme Martins – 6º Ano B)

uma-assustador-floresta-dos-pinheiros-parte-traseira-da-fantasia-leve-com-os-olhos-assustadores-incandescendo-das-criaturas-no-152029094

3 Comentários + 1 Curtida = 4 Votos

 


 

17º Lugar: Amigo Virtual (Gabriela Barbosa – 5º Ano C)

AMOR MACABRO

2 Comentários + 1 Curtida = 3 Votos

 


Encontro de Escolas de Tempo Integral: o Slam do Riva também deu show lá

a303182e-ecca-4722-8497-1219a5ae4745

 

Aconteceu na última quarta-feira (30) o Seminário “Educação Integral: Ampliando Possibilidades e Conhecimentos” promovido pela DRE São Mateus em que representantes das escolas de tempo integral da região puderam apresentar suas atividades e palestrantes realizaram conversas sobre o tema.

Também nessa ação houve a participação de professores e estudantes que fazem algum projeto dentro ou fora da escola em tempo integral que promova o protagonismo juvenil e transforme o ambiente educacional num local de ensino-aprendizagem para a vida e para o social. Atividades com cunho voltado principalmente à educação em direitos humanos foram percebidas como uma centralidade nesses movimentos mostrados pelos seus organizadores.

Sendo assim, é claro que o nosso Slam do Riva estaria presente, pois esta ação da Sala de Leitura Cora Coralina da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior pretende ser um fio condutor das preocupações dos meninos e meninas com sua condição humana e de seus anseios e desejos na vida social atual com vistas a mudar para melhor não só sua própria situação como a do país e do mundo.

Pensando assim, tanto os alunos e alunas do projeto organizado pelo professor Dhiancarlo Miranda quanto os seus colaboradores juvenis tiveram a preocupação de trazer para a apresentação do grupo poesias que tivessem a ver com áreas sociais de interesse coletivo nos direitos humanos (meio-ambiente, direitos da mulher e dos negros, políticas públicas) como também temas ligados às doenças sociais do momento (depressão, ansiedade).

Além dessa atividade apresentada pela galera do Slam do Riva também houve linda demonstração de ação inclusiva com o Circo da EMEF Professora Candida Dora Pino Pretini (que trabalha com alunos surdos e não-surdos) e palestras da professora Maura Casari sobre sua atuação como POEI (professora orientadora de escola integral) e da professora Telma Maris Ribeiro sobre sua gestão do grupo NAAPA da DRE São Mateus e um bate-papo com gestores de escolas que já adotaram o tempo integral em suas unidades.

Veja abaixo algumas imagens do evento:

 

 


 

Batalha de Poesia com os pequenos. Aqui também tem

1ad1e779-9bcb-4cb9-a7cf-7a2fa6e476b5

No último dia 17/10 uma prévia da batalha de poesia da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior.

O Slam do Riva como é chamada a ação é parte integrante dos projetos realizados pela Sala de Leitura Cora Coralina e tem a intenção de não só criar a cultura da escrita e da leitura na vida dos alunos e alunas como também estabelecer um diálogo com assuntos e temas caros à nossa sociedade.

O tema principal que tem sido base para muito do projeto promovido pela sala de leitura é a educação em direitos humanos e isso tem se traduzido nas poesias produzidas dentro da escola.

Na data da prévia tivemos como espectadores os meninos e meninas dos 4ºs e 5ºs Anos do Ensino Fundamental no período da tarde. Como eles ainda não competem na batalha então se estabeleceu que podiam aprender um pouco sobre a dinâmica sendo presenteados pela apresentação dos alunos e alunas maiores.

Não podia ter dado mais certo, a atividade foi um sucesso e a ideia é ter mais edições no período da tarde para que todos sejam agraciados por este evento tão importante e bonito.

Veja abaixo algumas fotos:


 

Começa amanhã: VI Concurso de Contos de Terror do Riva

Conto-terror

 

Já se tornou mais do que tradicional o concurso de contos de terror do Riva.

Todos os anos no mês de Outubro os meninos e meninas se preparam ou para criar suas histórias ou para votar na sua favorita.

Neste ano, teremos algumas novidades como o mural que terá os contos de terror apresentados na sala de leitura Cora Coralina, mas a eleição continua acontecendo por aqui e ninguém vai querer perder essa oportunidade.

A votação começa amanhã exatamente às 12 horas. Quem quiser é só votar curtindo o texto preferido ou fazendo um comentário no post.

Para cada história de terror você pode votar uma única vez e os autores agradecerão muito, pois são vários os prêmios que estão em jogo.

As coleções de livros já foram compradas e serão disputadas voto a voto por cada autor e autora concorrente.

O resultado dessa eleição ocorre no dia 01 de Novembro.

Prestigie nossos escritores e escritoras. Quem sabe não temos um novo Stephen King ou uma nova Mary Shelley em nossa escola.

 


 

Oficina de Slam com a poeta Monique Martins

thumbnail (7)

 

Hoje (17) no período da manhã houve a oficina de poesia com a poeta Monique Martins que tinha como objetivo preparar e organizar os alunos e alunas para o Slam Interclasses da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior com vistas à final do Slam Interescolar que ocorre em Novembro próximo.

Com data já marcada para a segunda semana de Outubro a atividade de Slam do Riva está com os preparativos bem adiantados e com os meninos e meninas bem empolgados já que seus textos estão tomando forma e os temas estão sendo aprofundados.

De posse de sentimento e força de vontade os adolescentes da comunidade do Jd. Nove de Julho foram presenteados com uma performance cheia de paixão por parte da atriz Monique Martins e seus exercícios de respiração e entonação de voz auxiliaram muito a todos.

Além disso, a oficina foi muito propícia para atividades de escrita e ação para uma aprendizagem de como iniciar um poema. Os alunos e alunas tiveram a chance de exteriorizar seus anseios e frustrações e colocaram no papel aquilo que acreditam e sentem afeto.

Por último, foi importante também a apresentação de alguns poemas por parte dos estudantes para se sentirem mais fortalecidos no processo de fala em público e isso também foi bastante benéfico para sua autoestima.

No final, a poeta ainda conversou bastante com alguns membros da comunidade escolar e muitas ideias surgiram daí.

Veja abaixo, algumas das imagens deste encontro:

 

 


 

 

Atividades de preparação para o Slam do Riva

 

Já foram iniciadas as ações para a Batalha de Poesia do Riva que ocorrerá neste ano no mês de Outubro.

Os preparativos estão a pleno vapor, as rimas estão ganhando corpo, os poetas já treinam bastante suas apresentações e muita coisa ainda virá.

Abaixo, veja algumas imagens desses preparativos na Sala de Leitura Cora Coralina:

 

 


 

Mediação de Leitura com a EMEI Cecília Meirelles

thumbnail (45)

 

Como em todos os últimos anos novamente os alunos mediadores da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior iniciaram sob a supervisão do professor Dhiancarlo Miranda da Sala de Leitura a atividade de mediação com os alunos e alunas da EMEI Cecília Meirelles.

O projeto tem como objetivo principal incentivar as crianças a adentrarem no mundo da leitura e da literatura universal e entenderem a importância da audição e da contação de histórias para a cultura popular nacional.

Haverá inúmeras outras visitas até o final do ano de 2019, mas já temos registros de como começou esta ação que é tão agradável para alunos, alunas e professores, tanto para quem está fazendo como para também aqueles que estão apenas como espectadores.

Veja abaixo várias fotos da atividade: