NME inaugura temporada de listas do ano

Resultado de imagem para nme top 50

 

Neste ano a explosão de listas de melhores do ano começou cedo. Não é nem a última semana de Novembro e já temos a primeira dentre as grandes publicações mundiais.

Quem tem a oportunidade de puxar vários holofotes para si com essa possibilidade é a NME (New Musical Express) que nem mais é revista impressa, tendo sua tiragem apenas via internet.

o Top 50 tem vários ponto positivos, muitos nomes do mainstream no meio, uma galera que pode ser contestada aqui e ali e bastante coisa a ser considerada já que não é uma lista apenas do rock sendo melhor chamar de parada pop.

Abaixo veremos David Bowie, Iggy Pop e Nick Cave conviverem com Kanye West, Frank Ocean e Lady Gaga e novatos como The 1975 e Bastille estarem lado a lado com Bon Iver e Green Day. E que venham as próximas para falarmos bem ou mal, mas que venham!

 


 

Top 50 da NME (Álbuns)

50. Bon Iver – ’22 A Million’
49. Public Access TV – ‘Never Enough’
47. Wild Beasts – ‘Boy King’
46. Savages – ‘Adore Life’ (foto)

Resultado de imagem para savages adore life

45. Car Seat Headrest – ‘Teens Of Denial’
44. The Lemon Twigs – ‘Do Hollywood’
43. Anohni – ‘Hopelessness’
42. Whitney – ‘Light Upon The Lake’
41. Solange – ‘A Seat At The Table
40. Rihanna – ‘Anti’
39. Green Day – ‘Revolution Radio’
38. Slaves – ‘Take Control’
37. Soft Hair – ‘Soft Hair’
36. Swet Shop Boys – ‘Cashmere’
35. Glass Animals – ‘How To Be A Human Being’
34. Let’s Eat Grandma – ‘I, Gemini’
33. Margo Price – ‘Midwest Farmers Daughter’
32. Kings Of Leon – ‘Walls’
31. Bastille – ‘Wild World’
30. Nao – ‘For All We Know’
29. Kate Tempest – ‘Let Them Eat Chaos’
28. Goat – ‘Requiem’
27. Giggs – ‘Landlord’
26. Biffy Clyro – ‘Ellipsis’
25. Blossoms – ‘Blossoms’
24. Nick Cave And The Bad Seeds – ‘Skeleton Tree’ (foto)

Resultado de imagem para nick cave skeleton tree

23. Michael Kiwanuka – ‘Love And Hate’
22. Radiohead – ‘A Moon-shaped-pool’
21. Anderson. Paak – ‘Malibu’
20. Lady Gaga – ‘Joanne’
19. White – ‘Lung Paradise’
18. Tegan And Sara – ‘Love You To Death’
17. Drake – ‘Views’
16. Danny Brown – ‘Atrocity Exhibition’
15. Kano – ‘Made In The Manor’
14. Jamie T – ‘Trick’
13. Angel Olsen – ‘My Woman’ (foto)

Resultado de imagem para angel olsen my woman

12. Sunflower Bean – ‘Human Ceremony’
11. Beyonce – ‘Lemonade’
10. Frank Ocean – ‘Blond’
9. Chance The Rapper – ‘Coloring Book’
8. Iggy Pop – ‘Post Pop Depression’
7. Diiv – ‘Is The Is Are’
6. David Bowie – ‘Backstair’
5. Kaytranada – ‘99.9%’
4. Skepta – ‘Konnichiwa’
3. Christine And The Queens – ‘Chaleur Humaine’
2. Kanye West – ‘The Life Of Pablo’
1. The 1975 – ‘I Like It When You Sleep For You Are So (foto)

Resultado de imagem para The 1975 – ‘I Like It When You Sleep For You Are So

 

 

 

 

 

 


 

Anúncios

Todo mundo peladão: dessa vez Kanye West foi longe demais?

image

A lista de celebridades peladas é grande e a de polêmicas também.

Kanye West colocou bonecos de cera sósias de uma galera conhecida para aparecerem nus em seu novo vídeo, que obviamente, viralizou na internet de ontem para ontem.

A música em questão é  “Famous” e já havia causado potência quando vazou há alguns meses pré causa de uma frase em que diz que ele e seu desafeto declarado Taylor Swift deveriam “transar algum dia”.

Como o rapaz não foge de uma guerrinha na frente das câmeras (é pode ter certeza que atrás delas também) o vídeo de agora consegue ser muito mais do que uma frase, pois coloca na mesma baila seres que já tiveram relacionamentos com ele, com sua esposa, e também políticos e famosos que nem sempre tiveram opiniões interessantes sobre o rapper.

Portanto, por mais que não sejam de fato as personalidades em questão, as figuras deitadas na cama ao lado do cara fazem nítida referência à esposa Kim Kardashian, Caitlyn Jenner, Taylor Swift, George W. Bush, Donald Trump, a ex-namorada de Kanye West Amber Rose, Rihanna, o rapper Chris Brown, além da editora da revista “Vogue” Anna Wintour, o produtor Ray J e o comediante Bill Cosby.

Se haverá desdobramentos acerca do vídeo com reclamações das pessoas citadas ou mesmo algum tipo de contra-ataque, como brigas na justiça, isso você pode ter certeza, mas que a polêmica já deu o resultado que Kanye queria isso também é verdade.

Como o vídeo inteiro só tem liberação aos usuários do TIDAL veja uma palhinha dele logo aqui abaixo:

Dissipada a polêmica: Win Butler acaba com a treta Kanye West/Beck

 
A crise musical do ano aconteceu no Grammy há duas semanas.
 
Para quem não sabe do que se trata, no último dia 08 de fevereiro durante a maior premiação da música, Beck foi laureado com o prêmio de melhor álbum do ano.
 
O que parecia apenas uma corriqueira ida do artista ganhador ao palco para realizar os agradecimentos se transformou numa cena de saia justa: Kanye West, por um momento, fez menção em repetir a sua infame interrupção no VMA 2009, quando invadiu o palco e roubou o microfone de Taylor Swift para dizer que quem merecia o prêmio era a Beyoncé.
 
Dessa vez, novamente sua Beyoncè seria a pessoa defendida, e parecia ser a favorita por ser a cantora com mais indicações, mas foi só um segundo de incômodo, já que o cantor/ produtor se sentou logo em seguida.
 
Muitos apostaram que aquilo se tratava de uma brincadeira, mas durante a cena ridícula é nítido a cantora e seu marido Jay-Z ficarem apreensivos com a atitude de West e pedirem para que ele não fizesse aquilo.
 
Além disso, para sanar qualquer dúvida em relação à ação do rapper o próprio declarou após a festa: “Eu e outros artistas estamos “cansados” de sermos desrespeitados pelo Grammy.” (ok!)
 
Quanto a Beck, este apenas observou e ficou meio indeciso em receber ou sair do palco, mas logo se recompôs e seguiu o caminho natural das coisas.
 
Pois bem, passou-se a conturbada semana pós-Grammy, que repercutiu a polêmica em redes sociais, revistas especializadas, sites de fofoca e afins.
 
Mas o lance foi resumido da maneira mais bem-humorada possível por alguém que nem tinha vínculo algum com a disputa que se tornou assunto geral.
 
Win Butler, vocalista do Arcade Fire, realizou um mash-up com músicas dos dois cantores para encerrar a disputa de maneira cômica, mas com bastante estilo.
 
Assim como mencionou a Rolling Stone “talvez um mash-up entre West e Beck não seja uma ideia muito original, mas foi Butler quem arregaçou as mangas para realizar a façanha.”
 
E é isso mesmo o que aconteceu: através do perfil DJ Windows 98, o músico compartilhou uma mistura entre “Jesus Walks”, de Kanye West, e “Loser”, hit do início de carreira de Beck. E não é que ficou bacana a coisa?!
 
Mas até Beck preferiu fazer algo parecido com a própria derrotada por ele na disputa de melhor álbum. Junto com Beyoncé realizou uma parceria que pode alçar voos maiores nas paradas de sucesso. Trata-se de outro mash-up chamado “Single Loser (Put A Beck On It)” que mistura também a célebre “Loser” com a música “Single Ladies (Put a Ring on It)” da cantora americana.
 
Ouça as duas músicas abaixo: