Luto na comédia mundial

Morreram nos últimos dias Leslie Nielsen e Mario Monicelli. Os dois foram gênios naquilo que se propuseram a fazer. O primeiro como um ator de caretas e trejeitos característicos como poucos tiveram na história do cinema; o segundo como um diretor de filmes italianos que mudou a forma como a comédia daquele país era vista pelo resto do mundo.

O cinema perde muito, mas ficamos com dois motivos a menos para sorrir.

Independentemente disso, o fato de termos na conta deles atuações marcantes como em “Apertem os cintos, o piloto sumiu”, “Corra que a polícia vem ai”, “O Incrível Exército de Brancaleone” ou “Os Eternos Desconhecidos”, faz com que tenhamos a necessidade, senão a obrigação, de assistir a algum desses clássicos para fazer aquilo que se pede quando um filme deles é assistido: rir muito!

Dhiancarlo Miranda

Anúncios