Oficina de Slam com a poeta Monique Martins

thumbnail (7)

 

Hoje (17) no período da manhã houve a oficina de poesia com a poeta Monique Martins que tinha como objetivo preparar e organizar os alunos e alunas para o Slam Interclasses da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior com vistas à final do Slam Interescolar que ocorre em Novembro próximo.

Com data já marcada para a segunda semana de Outubro a atividade de Slam do Riva está com os preparativos bem adiantados e com os meninos e meninas bem empolgados já que seus textos estão tomando forma e os temas estão sendo aprofundados.

De posse de sentimento e força de vontade os adolescentes da comunidade do Jd. Nove de Julho foram presenteados com uma performance cheia de paixão por parte da atriz Monique Martins e seus exercícios de respiração e entonação de voz auxiliaram muito a todos.

Além disso, a oficina foi muito propícia para atividades de escrita e ação para uma aprendizagem de como iniciar um poema. Os alunos e alunas tiveram a chance de exteriorizar seus anseios e frustrações e colocaram no papel aquilo que acreditam e sentem afeto.

Por último, foi importante também a apresentação de alguns poemas por parte dos estudantes para se sentirem mais fortalecidos no processo de fala em público e isso também foi bastante benéfico para sua autoestima.

No final, a poeta ainda conversou bastante com alguns membros da comunidade escolar e muitas ideias surgiram daí.

Veja abaixo, algumas das imagens deste encontro:

 

 


 

 

Anúncios

Imprensa Jovem entrevista participantes do Slam do Riva

thumbnail (20)

 

Ontem durante a abertura dos Seminários Regionais de Direitos Humanos chamou à  atenção o trabalho interessante e diverso dos meninos e meninas da Imprensa Jovem da EMEF Lourenço Filho.

Sob a coordenação da professora Newci e a colaboração das meninas Julia, Laura, Rayanne e Clara o trabalho jornalístico foi notado por todos e todas e o empenho e seriedade do grupo foi presenciado de perto.

Posteriormente à ação do Slam do Riva os meninos e meninas da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior e da EMEF Claudio Manoel da Costa foram chamados para dar uma entrevista e atenderam ao pedido imediatamente.

A cobertura jornalística completa será mostrada aqui em breve através de link para o trabalho da Imprensa Jovem, mas as fotos da entrevista já podem ser vistos aqui:

 

 


 

A participação do Slam do Riva no Seminário de Direitos Humanos

Assim como já falado no post anterior ontem foi a abertura dos Seminários Regionais de Direitos Humanos promovido pela Secretaria Municipal de Educação do Município de São Paulo e, além da palestra do professor Mario Sergio Cortella que abrilhantou o evento, também tivemos a participação dos meninos e meninas do Slam do Riva e a participação especial da aluna Marina (ganhadora do Slam Interescolar do ano passado) da EMEF Claudio Manoel da Costa.

A atividade teve a mediação do professor coordenador da Comissão de Mediação de Conflito da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior e orientador da Sala de Leitura daquela escola.

Foi mostrada à plateia como funciona a atividade de Slam e o processo para trabalhar com os adolescentes a cultura de Batalha de Poesia na escola.

Além disso, foi importante ver a garotada tendo protagonismo na atividade comunitária e tendo a oportunidade de falar sobre coisas que sentem e se preocupam em situações externas como Meio-Ambiente, Direitos Humanos e questões sociais em geral e sentimentos internos como amor, depressão, ansiedade e estresse.

O Slam Interescolar terá sua 5ª edição neste ano e as escolas inscritas já estão realizando suas competições dentro de suas unidades.

Veja abaixo, algumas das imagens da ação cultural realizada ontem na Uninove Memorial da América Latina:

 

 


 

Abertura dos Seminários Regionais de Educação em Direitos Humanos. Veja as imagens

 

Ocorreu ontem a abertura dos Seminários Regionais de Educação em Direitos Humanos: Projeto Respeitar é Preciso promovido pelo Instituto Vladimir Herzog e pela Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo.

O evento contou com a participação do filósofo da Educação Mário Sérgio Cortella e da ação de duas escolas que realizaram apresentações culturais antes da palestra do ilustre professor.

Também houve a presença de autoridades locais e professores do município que tiveram a oportunidade de assistir a atividades que pretendem fazer com que não só os alunos, mas também toda a comunidade municipal tenham acesso a uma educação em direitos humanos que promova a paz e a cultura do respeito dentro e fora da escola.

Abaixo, veja algumas imagens do evento. Os seminários prosseguem durante toda a semana e aqui divulgaremos mais informações sobre os eventos.

 

 


 

Atividades de preparação para o Slam do Riva

 

Já foram iniciadas as ações para a Batalha de Poesia do Riva que ocorrerá neste ano no mês de Outubro.

Os preparativos estão a pleno vapor, as rimas estão ganhando corpo, os poetas já treinam bastante suas apresentações e muita coisa ainda virá.

Abaixo, veja algumas imagens desses preparativos na Sala de Leitura Cora Coralina:

 

 


 

Mediação de Leitura com a EMEI Cecília Meirelles

Como em todos os últimos anos novamente os alunos mediadores da EMEF Professor Rivadávia Marques Junior iniciaram sob a supervisão do professor Dhiancarlo Miranda da Sala de Leitura a atividade de mediação com os alunos e alunas da EMEI Cecília Meirelles.

 

O projeto tem como objetivo principal incentivar as crianças a adentrarem no mundo da leitura e da literatura universal e entenderem a importância da audição e da contação de histórias para a cultura popular nacional.

 

Haverá inúmeras outras visitas até o final do ano de 2019, mas já temos registros de como começou esta ação que é tão agradável para alunos, alunas e professores, tanto para quem está fazendo como para também aqueles que estão apenas como espectadores.

 

Veja abaixo várias fotos da atividade:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

Tyler The Creator chega longe com Igor

Imagem relacionada

 

Rapper que iniciou carreira com estilo mais verborrágico, Tyler The Creator já vinha tentando se descolar do rótulo de ser apenas mais um músico agressivo do gueto desde “Flower Boy” (2017), mas é com este “Igor”, lançado dia 17 passado, que promove uma viagem rica ao mundo do funk, do soul e até mesmo da psicodelia sonora.

Com participações especiais que vão de Pharrell Williams na melódica “Are We Still Friends?” com direito a sample de Al Green, passam por Kanye West em “Puppet”, Lil Uzi Vert em “Igor’s theme”, Solange em “I think” e terminam com Santigold e ASAP Rocky em “New magic wand”, soam apenas como “brodagem” entre a turma  do Rap para com o colega do que mesmo uma atividade que mude de fato a qualidade do disco.

O que importa mesmo em “Igor” é a transição que Tyler aprendeu a fazer entre o R&B e Gangsta Rap, a estilística utilização do piano em determinados momentos para explodir logo em seguida com bases de Trip Hop ou até na maneira como adéqua sua boa voz com a batida de baixo que vem e volta em boa parte deste novo trabalho.

São inúmeras as vezes em que você se pega surpreendido pela audácia musical do rapaz atravessando ritmos e sonoridades que não se encaixariam se não fosse pela habilidade de Tyler em proporcionar esses encontros.

Artista que tem estado na boca (e nos ouvidos) de gente tão diversa quanto Billie Eilish e Brunks (ou Bruna) aqui no Brasil, Tyler The Creator acaba por ser um mais um passo no caminho que o Rap tomou no mainstream mundial de qualidade e alcance criativo.

Aproveitável desde o tema de abertura, “Igor’s Theme” passando por “Earfquake” e indicando “Running Out of Time” e “A Boy Is A Gun” como duas das melhores coisas dos 39 minutos de audição do álbum, este novo trabalho que foi produzido por ele próprio e lançado pela Columbia ainda possui fôlego suficiente com a bela e sensível “Puppet” e poder incômodo com “I Don’t Love You Anymore”.

Além daquelas já citadas canções com as participações especiais, “Igor” tem um identidade firme e influências certeiras como a Motown, na soul music  americana e na música gospel pela sua instrumentação grandiosa, mas também sabe usar a força de gente atual como o parceiro Kendrick Lamar como fonte de inspiração.

Um disco que sabe o que quer de um artista que encontrou o que deseja dentro da música e na maneira de mostrá-la ao mundo. Sinceramente, estamos diante de uma das melhores obras do ano.

 


 

 


 

Igor – Tyler The Creator

 

Resultado de imagem para tyler the creator igor

 

1 – Igor’s Theme

2 – Earfquake

3 – I Think

4 – Exactly What You Run From You End Up Chasing

5 – Running Out Of Time

6 – New Magic Wand

7 – A Boy Is A Gun

8 – Puppet

9 – What’s Good

10 – Gone, Gone, / Thank You

11 – I Don’t Love You Anymore

12 – Are We Still Friends?